Prémio obtido pela ETAP resulta em bolsa de estudo para um aluno

0
318

A Associação Empresários pela Inclusão Social (EPIS), com o apoio do Grupo Jerónimo Martins, premiou mais um projecto da ETAP – Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Pombal.
“ETAP ser mais: Brigada Cívica e Brigada Verde” teve como foco o desenvolvimento e promoção da cidadania activa, comportamental e ambiental, e foi realizado no âmbito das boas práticas organizativas de promoção da sustentabilidade e cidadania activa.
O prémio obtido resulta na atribuição de uma bolsa de estudo a um aluno, durante três anos, como forma de incentivo ao seu sucesso escolar.

Civismo e ambiente
O projecto distinguido procurou trabalhar duas áreas: civismo e ambiente. “Com o objectivo de promover a aquisição e a consolidação de comportamentos cívicos, com base na autorregulação entre pares, foram desenvolvidas iniciativas de aprendizagem e criadas “brigadas”, com a função de combater a indisciplina”, explica a ETAP em comunicado.
“Com a Brigada Cívica, a escola tem conseguido uma maior responsabilização comportamental dos alunos, dentro e fora da sala de aula, e com a Brigada Verde a escola tem conseguido que os alunos tenham uma maior consciencialização do desperdício alimentar e redução do lixo no chão”, acrescenta a mesma nota da escola.
Recorde-se que o programa de Bolsas Sociais visa apoiar os alunos ao longo do seu percurso com uma bolsa, com vista a combater o insucesso escolar, em função da qualidade da participação individual, do mérito académico e da necessidade de apoio para continuação dos estudos.
A 13ª edição das Bolsas Sociais EPIS entregou 207 bolsas sociais, distribuídas por 184 alunos do ensino secundário, com o apoio de 49 investidores sociais, num investimento social no valor de 455 mil euros, o maior até à data.
A cerimónia de entrega das Bolsas Sociais EPIS 2023 realizou-se no passado dia 4 de Dezembro, no Auditório Emílio Rui Vilar, na Culturgest, em Lisboa.