EB1 de Travasso “ganhou” quatro árvores

0
772

O recreio da EB1 de Travasso “ganhou” quatro árvores novas, no passado dia 21 de Março, que foram plantadas pelos alunos e “Os Amigos do Arunca”. Esta actividade incluiu ainda uma sessão de informação sobre biodiversidade e serviu para assinalar o Dia Mundial da Árvore.
Esta iniciativa partiu de “um desafio lançado por o pai de um aluno desta escola, que também é ‘Amigo do Arunca’”, contou Lucília Ribeiro, adiantando que o objectivo seria abordar as formas de “preservar a água e cuidar da biodiversidade, mas também plantar uma árvore com suporte capaz de sobreviver com os cuidados mínimos”.

Uma bétola, um ulmeiro, uma olaia e uma aroeira foram as espécies escolhidas para plantar no recreio da EB1 de Travasso, porque eram “as árvores disponíveis neste momento e são espécies autóctones”, explicou José Martins, salientando que desta forma “damos a conhecer aos miúdos as nossas espécies e a necessidade de preservar e valorizar o que é nosso”.
Por outro lado, estas árvores “são mais robustas, têm um porte que lhes permite sobreviver mesmo com a falta de água e criam uma copa mais favorável para as espécies habitarem”, adiantou aquele “Amigo do Arunca”, que aproveitou para desta forma alertar para a necessidade de “proteger e abrigar as espécies, nomeadamente pássaros e repteis”.
“Os miúdos receberam-nos com uma euforia total e já ficaram com a pulga atrás da orelha para ir com o pai ou a mãe num passeio até ao Rio Arunca para tentar ver as espécies animais, mas também a fauna e a flora”, concluiu José Martins.

Carina Gonçalves | Jornalista

*Notícia publicada na edição impressa de 7 de Abril