ALVAIÁZERE | 25 utentes infectados em lar privado

0
1710

Os testes realizados, sexta-feira passada, a utentes e colaboradores do lar “Solar D. Maria”, em Carvalhal, freguesia de Maçãs Dona Maria, levaram o Município de Alvaiázere a accionar hoje, 1 de Abril, o Plano Municipal de Emergência e Protecção Civil (PMEPC). A medida foi tomada “depois de se detectar uma infecção generalizada” naquela instituição privada de acolhimento de idosos, de acordo com a nota de imprensa enviada às redacções. Os 44 testes realizados, custeados pela Câmara, indicam que 25 idosos e nove dos 17 colaboradores estão infectados com Covid-19. Apenas dois dos utentes apresentaram resultados negativos para o novo coronavírus.

Na página de facebook do Solar D. Maria”, a instituição confirma a existência de “alguns casos”, acrescentando que “os utentes estão devidamente isolados” e não há “nenhum caso que inspire grandes cuidados”.

Criação de um hospital de campanha
Para além da aquisição de testes, a autarquia presidida pela social-democrata Célia Marques anunciou, ainda, um conjunto de outras medidas destinadas a “atenuar os impactos inevitáveis” do surto. Entre elas está a garantia de “prestação de serviços de enfermagem” aos utentes do lar, disponibilizando também equipamento de protecção individual a todos os profissionais que ali trabalham.

Na mesma nota de imprensa, a Câmara Municipal adianta igualmente ter promovido “os contactos com vista à entrega de refeições a todos os utentes do lar”, que serão confeccionadas pela Associação Social, Cultural, Recreativa e Desportiva de Maçãs Dona Maria, assim como revela ter disponibilizado alojamento para utentes e profissionais.
No âmbito do PMEPC, a edilidade alvaiazerense instalou também um hospital de campanha, no Pavilhão Desportivo de Alvaiázere, equipado com 30 camas, 20 das quais articuladas, cedidas pela Santa Casa da Misericórdia local. As roupas de cama foram cedidas pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, “numa manifestação conjunta de enorme solidariedade”.
No âmbito do combate à pandemia, a mesma autarquia anuncia que “disponibiliza meios e recursos logísticos”.