Pombal é o terceiro do país com maior equilíbrio orçamental

0
473

O Município de Pombal é o terceiro nacional e o primeiro do distrito de Leiria com maior equilíbrio orçamental em 2019, segundo o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses. Uma publicação que apresenta uma análise económica e financeira das contas dos 308 municípios, relativas ao exercício económico de 2019.
O Anuário, publicado pela Ordem dos Contabilistas Certificados, resulta de um trabalho em equipa que envolve dois centros de investigação onde estão integrados os autores: o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e o Centro de Investigação em Ciência Política (CICP) da Universidade do Minho.
Para além de ser destacado no ranking dos municípios portugueses com maior equilíbrio orçamental, Pombal ocupa a 34ª posição nacional (2º de entre os municípios de média dimensão do distrito de Leiria) com maior diferença entre o IMI cobrado e o IMI a cobrar se fosse aplicada a taxa máxima de 0,5%. Um parâmetro que assinala uma despesa fiscal municipal na ordem dos 4,2 milhões de euros, que ficou nas mãos das famílias.
Ocupa ainda a mesma posição na tabela dos municípios com menor peso de pagamentos da despesa com pessoas na despesa total, enquanto no ranking dos município com maior volume de investimento pago em 2019, Pombal ocupa o 31º nacional e 1º no distrito de Leiria.
O anuário destaca ainda o maior volume de despesa paga em aquisição de bens de capital e em transferências de capital (entre 2010 a 2019), o que coloca Pombal na 14ª posição nacional e na liderança ao nível do distrito.
Por sua vez, no ranking global dos municípios de média dimensão na lista dos 100 melhores classificados globalmente, Pombal ocupa a 15ª posição (foi 20º em 2018) e 3º a nível distrital a seguir à Marinha Grande e Alcobaça.
Já no ranking global dos municípios do distrito de Leiria com melhor pontuação global, o Município de Pombal surge na 6ª posição e a 3ª de entre os municípios de média dimensão a seguir à Marinha Grande, Alcobaça e Porto de Mós.