Museu reforçado com 760 peças alusivas a Marquês de Pombal

0
1344

Não havia dia melhor para realizara assinatura do autode cedência de um rico espólio relacionado com Sebastião José de Carvalho e Melo, sobejamente conhecido como Marquês de Pombal.

Aos 94 anos, o antigo professor, Carlos Henrique Gomes Vilar, concluiu que era tempode encontrarum destino para aqueles que considera os seus “amigos livros” e outras peças históricas, escolhendo o Museu Municipal Marquês de Pombal como beneficiário de 760 obras, num espólio que inclui 364 livros, 194 recortes de imprensa, 63 iconografias, 42 fotografias, 10 medalhas, 9 cartas, 7 selos, 2 colecções de postais (num total de 67 imagens) e 4 peças de faiança.

“Estou muito satisfeito, radiante da vida”, afirmou, deixando emocionados muitos dos presentes, ao dizerque “quando eu me for embora, sei que as coisas que eu tanto estimo, os livros, ficam no sítio mais indicado”, acreditando que eles serão bem tratados e úteis para as gerações futuras.

ANA DE JESUS

Todos os pormenores na próxima edição (28 de Maio)