Iber-Oleff equipa “mini-fábrica” na ETAP

0
2587

No passado dia 6 de Fevereiro, foi inaugurada na Escola Tecnológica Artística e Profissional de Pombal (ETAP) uma “mini-fábrica”, resultado de uma parceria com a empresa Iber-Oleff.

O novo Centro de Formação de Técnicos para a Indústria será utilizado pelos alunos dos cursos de Manutenção Industrial e Electromecânica, mas tudo aponta para que no próximo ano lectivo possa ser ali leccionado um curso de Injecção e Transformação de Termoplásticos, com a duração de três anos e com equivalência ao ensino secundário. O objectivo é promover uma formação que supra “as reais necessidades da indústria”, qualificando jovens para o mercado de trabalho. Foi nesse sentido que a Iber-Oleff, empresa sediada no Parque Industrial Manuel da Mota, equipou o espaço com maquinaria que já não tinha uso mas que se encontra “em perfeito estado de conservação” e a “funcionar plenamente”, segundo o presidente do conselho de administração do Grupo Iberomoldes (detentor da Iber-Oleff), Joaquim Menezes. Esta parceria visa criar “profissionais completos”, dotados de um “conjunto múltiplo de saberes”e “com gosto pelo posto de trabalho”, referiu. Na ocasião em que foi assinado o protocolo entre as duas entidades, o empresário afirmou que se o investimento fosse feito pela escola, “estaríamos a falar de mais de 300 mil euros” aplicados em 200 metros quadrados.

Jorge Vieira da Silva, director-geral da ETAP, considerou que esta inauguração não se tratou de uma “meta alcançada”, mas sim de “um ponto de partida para uma formação mais rica para os alunos” e mais “útil para as empresas”. Do seu ponto de vista, esta parceria tem um “carácter inovador” e é um claro sinal da “abertura e disponibilidade da escola para estar mais próxima do tecido empresarial da região”. Jorge Vieira da Silva afiançou que “a nossa meta e compromisso serão contribuir para a melhoria da competitividade das nossas empresas e do nosso país”.

O presidente da Câmara Municipal, Diogo Mateus, é também membro da gerência da Pombal Prof, sociedade que detém aquela que foi a primeira escola profissional do país. Aquando da assinatura do protocolo, agradeceu a colaboração da Iber-Oleff no cumprimento do propósito de permitir “que uma escola e um conjunto de novas circunstâncias estejam ao dispor de uma comunidade para fazer melhor”. Segundo o autarca, esta parceria revela a “grande confiança” depositada na ETAP.