“Fischer-Z” são cabeça de cartaz no São Mateus em Soure

0
893

“Fischer-Z”, a banda que encheu o Estádio de Alvalade há 35 anos, é apontada como uma das atracções do programa de espectáculos para a feira de São Mateus, em Soure. A banda actuará no dia 17 de Setembro com um preço de quatro euros por pessoa. Será, não só uma oportunidade para reviver os sons dos anos 80, mas também o trabalho que constitui o seu álbum This is My Universe”, lançado já em 2016, por aquela banda de rock inglesa, que teve o seu auge de carreira entre 1979 e 1981.

Para Mário Jorge Nunes, presidente da Câmara Municipal de Soure, a aposta nos “Fischer-Z” levou em conta “o espírito revivalista que agora se vive com o reaparecimento de bandas dos anos 80”.

Mas, outros nomes sobressaem do vasto cartax de espectáculos da Feira de São Mateus. No dia 19, haverá um espectáculo de tributo aos “Queen”, uma banda imortal, enquanto no dia anterior, domingo, 18 de Setembro, subirá ao palco “Dengaz”. Por sua vez, no dia 16 de Setembro, Soure Richie Campbell, um dos maiores nomes do Reggae Nacional. Um artista que tem esgotado salas de Norte a Sul do país, e que vê o seu nome a “dar nas vistas”, em vários países da Europa.

No entanto, se o São Mateus é a festa da família sourense, outros momentos culturais serão vividos durante os seis dias dos festejos. Daí que a noite de sexta-feira, dia 16, seja dedicada a Soure com a participação do Rancho das Ceifeirinhas da Casa do Povo de Vila Nova de Anços e do Grupo de Pauliteiros de Vila Nova de Anços. No dia seguinte, entre outras participações, destaca-se as actuações da Sociedade Filarmónica R. B. Vilanovense, do Grupo de Marchas “Manjericos de Santo António” da Freguesia de Vinha da Rainha, do Grupo de Marchas do GAP – Casa do Povo de Vila Nova de Anços, e da Escola de HIP-POP da Santa Casa da Misericórdia de Soure.

Já no domingo, dia 18, destaque para a tarde de folclore do concelho de Soure, com os grupos de Alfarelos, Cercal, Cimeiro, “Papoilas da Serra” de Degracias, Granja do Ulmeiro, Melriçal, Pouca Pena, Ribeira da Mata, Samuel, Misericórdia de Soure, Paleão e Tapéus.

Os últimos dias de festa, são tradicionalmente dedicados à “família sourense”. Na terça-feira, dia 20, será celebrada missa na Capela de São Mateus (15 horas), seguida da realização do tradicional pic-nic Popular, abrilhantado pelo Grupo da Sagrada Família e do Rancho Folclórico de Pouca Pena. No dia seguinte, feriado municipal, às 11 horas será celebrada missa por ocasião do Dia Litúrgico de São Mateus, enquanto à tarde haverá a sessão solene do Dia do Município e o lançamento do livro “Gente de Soure – Memórias evocativas de cidadãos falecidos”, de autoria de António Santos Mota.

Orlando Cardoso