Exposição de André Malheiro leva visitantes a várias partes do mundo

0
969

Está patente até ao próximo dia 7 de Abril, no Centro Cultural de Ansião, uma exposição da autoria de André Malheiro.
Ao longo de 29 fotografias, os visitantes são convidados a embarcarem numa viagem por várias partes do mundo. “Andei por vários sítios, desde como o coração de Nova Iorque, até ao bulício de um recanto de Paris, em 2007”, mas a objectiva do pombalense imortalizou também Amesterdão, “uma cidade bastante eclética, com muitos canais e bicicletas, mais equilibrada, sem muitas oscilações, mesmo em termos de relevo”, muito diferente “de Lisboa ou Coimbra”, mais acidentadas. Nesta retrospectiva, há também espaço para Praga, cidade que André Malheiro recorda também como “bastante equilibrada”.

André Malheiro, a vereadora Cristina Bernardino e Raquel Fradique, da Associação Inquietaresta

São “fotografias simples, de um homem simples que andou com uma máquina por terras desconhecidas de muitos portugueses, sem qualquer financiamento de alguma instituição, como um turista em férias”, mas que faz questão de as dar a conhecer ou vender a quem manifeste interesse
Esta não é a primeira vez que o fotógrafo expõe em Ansião, mas regressa agora desafiado por outro pombalense: o pintor Rui Cavalheiro, que integra a Associação Inquietaresta, responsável pela organização da exposição, com o apoio do Município de Ansião.