Cineclube de regresso para promover a arte cinematográfica

0
355

Agora legalmente constituído, o Cineclube de Pombal está de volta para dar mais sessões de cinema aos cinéfilos pombalenses e a quem queira aprender mais sobre a história da sétima arte. As exibições deixam de ser feitas no Auditório Municipal e passam para o Mini-Auditório do Teatro Cine.
Antes da pandemia, o clube tinha iniciado as sessões com uma abordagem à história do cinema, apresentando um filme respeitante a cada década. Este ciclo vai-se manter, com uma periodicidade mensal, arrancando já esta quinta-feira (dia 5), às 21.30h, com “M – Matou”, de Fritz Lang. Um filme de 1931 que marca o início da carreira do realizador alemão no contexto do cinema sonoro, uma característica a que o Cineclube quer dar destaque com esta projecção, que incluirá uma pequena apresentação da obra antes da exibição. O enredo gira em torno da perseguição a um serial killer que atormenta os cidadãos de Berlim.

“M – Matou”, de Fritz Lang marca a estreia do Cineclube, esta quinta-feira

Neste novo arranque, o Cineclube de Pombal optou por duas sessões mensais. Paralelamente ao ciclo sobre a história do cinema, haverá uma outra sessão em que será exibido um filme escolhido pelos membros do clube. Em Maio, o filme a exibir é oscarizado “Grand Budapest Hotel”, de Wes Anderson, com sessão marcada para dia 26. As entradas são gratuitas, podendo as reservas ser feitas através da bilheteira online do Município de Pombal. Para o Verão estão previstas também sessões de cinema ao ar livre.
Os interessados em fazer parte do Cineclube de Pombal poderão obter mais informações no dia da sessão, onde poderão também subscrever a mailing list para ficar a par das novidades. Podem também obter informações através da página de facebook que já se encontra activa.