RENDALÍSSIMA | 8 formas de usar calções

0
1488

Já o referi variadas vezes: a maior parte dos meus clientes são homens. Todos eles têm bom gosto e sabem apontar muitíssimo bem aquilo de que gostam ou não. Na sua maioria, só precisam de alguém que lhes indique o caminho a seguir e que os ajude a desmistificar ideias criadas acerca do que podem ou não usar. Se para muitos, os problemas são cores ou padrões, a verdade é que os calções estão no top 5 dos obstáculos que me colocam.

Porque ainda estamos no Verão e no oitavo mês do ano, deixo-vos oito formas diferentes de usar a peça problemática, de acordo com diferentes estilos masculinos.

O fashion addict amante de um estilo desportivo quer peças de qualidade e que espelhem o seu olho atento às tendências. É por isso que vai querer uns calções básicos, em ganga, para poder exagerar um pouco mais em todas as outras peças. A sweatshirt que celebra a parceria de sucesso entre a Louis Vuitton e a Supreme serve o propósito da utilidade para as mais frescas noites do final da estação, sem esquecer o agradável facto de vincar a exclusividade que transparece num look trendy, jovem e casual.

 

Um homem descontraído mas que não abre mão da classe aposta numas alpargatas sóbrias e arrisca apenas num padrão discreto num pólo. Os calções chino num tom escuro e sólido asseguram um resultado polido e a delicadeza dos acessórios, perfeitamente combinados entre si, conferem a elegância intemporal que tanto apreciam.

 

E porque a partir de certa idade é mesmo difícil arrancar um homem da sua camisa, porque não usá-la dando primazia à descontracção? Se combinada com uns calções de tom neutro e mocassins desportivos, com a manga arregaçada e acessórios todos no mesmo tom, asseguram uma imagem cuidada, adulta e leve, como a estação requer.

 

Personalidades jovens, divertidas e criativas, independentemente da idade, tendem a preferir cor no seu vestuário. Nada como arriscar em tons vivos e conciliar uma t-shirt que grite Verão através do seu print. Para suavizar e garantir que as peças mais alegres se destacam sem berrar no conjunto, a preferência deve recair sobre os tons neutros para os acessórios que as complementam.

 

Aqueles que gostam de um twist em cortes clássicos conseguem arriscar um pouco mais e misturar padrões sem abrir mão da elegância. Inspiram-se nas tendências sendo fiéis à sua essência e por isso não temem as riscas num calção de corte simples. O blazer poderá ficar ao ombro durante o dia, com a camisa em ganga com as mangas arregaçadas a revelar o relógio. A estrela do look são os loafers, excêntricos no padrão, intemporais na forma.

 

Cheio de atitude, confiante na sua energia e muito feliz na mais quente das estações, este é aquele jovem que não tem medo de experimentar. Na verdade, a olho nu parece ter sido um daltónico a escolher o seu outfit. Contudo, uma observação mais atenta revelará que dedicou bastante tempo a seleccionar as peças que o constituem. Na estampa dos calções estão reunidas todas as tonalidades que os seus acessórios ostentam e é desse modo que alcança a harmonia.

 

Não abre mão do conforto – nem nos cortes, nem nos materiais. Prefere tons neutros, não faz questão de usar estampados complexos e os ténis são o ponto de partida para que decida o que vestir a cada manhã. Prefere acessórios discretos, não gosta de cores vivas e é nesse mundo a preto e branco que se sente bem, durante o ano inteiro.

 

Há quem queira reflectir o seu poder económico através das roupas que veste. O meu trabalho é ajudá-los a fazê-lo sem que as roupas gritem as marcas que remetem para etiquetas com preços exorbitantes. Por outras palavras, ajudo-os a baixar o tom, assegurando que o look transmite luxo nas entrelinhas. Para esses, dourados e tons quentes aliados ao preto são uma aposta certeira. Algum ouro pelo meio e – mesmo de calções – o seu objectivo é alcançado sem que pareçam um outdoor.

 

Ainda vai a tempo de se inspirar nas imagens acima e criar looks com que se sinta confiante na recta final da melhor estação do ano!

 

Partilhar
Artigo anteriorPombalense cria associação que aposta na formação jovem em Moçambique
Próximo artigoCampeã Nacional de Xadrez colabora com Oficina Criativa da Fabrikarts
Depois de se dedicar ao Jornalismo, decidiu aprofundar os seus conhecimentos numa vertente menos explorada ao longo da sua formação académica, a comunicação não-verbal. Após uma especialização em Lisboa em Consultoria de Imagem, lançou-se a título pessoal na área da Moda e assume-se em 2018 como a primeira Fashion Therapist do país. Já foi contratada pelo grupo Sonae para realizar serviços de Personal Shopping aos seus clientes, marca presença na Vogue Fashion's Night Out, trabalhou no grupo Creative Concept como responsável pela gestão dos cursos leccionados e pelo departamento de Comunicação da Creative Academy e exerce funções enquanto Social Media Manager de eventos de Moda. Trabalha de perto com grandes marcas de luxo internacionais sediadas na Avenida da Liberdade e com designers portugueses vocacionados para noivas. Em Pombal tem uma parceria com a Quinta da Concha porque apesar de se mover na capital, tem especial gosto pelo trabalho com clientes da zona centro. Contactos: anarendalltomaz@gmail.com || https://www.anarendalltomaz.com/