“Os Oceanos” inspiram folia carnavalesca na cidade mas há animação por todo o concelho

0
1054

 

Esta sexta-feira, a partir das 10h00, 1200 crianças e 170 adultos desfilam pelas principais artérias da cidade. Este ano, “Os Oceanos” dão o mote ao Carnaval, em sintonia com a nova Estratégia Nacional para o Mar 2021-2030, e inspiram a criatividade dos 17 estabelecimentos que se associam ao evento, organizado pelo Município de Pombal. 
O objectivo do tema, segundo a autarquia, é “sensibilizar para a importância dos recursos do oceano, para uma protecção efectiva do ambiente marinho e das boas práticas inerentes”. Pretende-se, desta forma, sensibilizar os mais jovens “para a importância da alteração de comportamentos e de um estilo de vida mais sustentável”, através da promoção de uma “ligação emocional ao oceano e às espécies marinhas” e que contribua “positivamente para a criação de uma geração azul”.
Os participantes concentram-se junto à Biblioteca Municipal de Pombal, percorrendo depois o centro histórico e a Avenida Heróis do Ultramar até à Escola Conde Castelo Melhor. O regresso faz-se pela mesma avenida, agora em direcção ao Jardim do Cardal, onde termina o desfile com animação momentos lúdicos por insuflável baseado no tema “Os Oceanos”.
Este ano, juntam-se ao corso carnavalesco alunos da EB Carriço e Jardim-de-Infância de Carriço, pertencentes ao Agrupamento de Escolas da Guia; os alunos da EB de Barrocal, Centro Escolar de Pombal, EB de Vicentes e EB Conde Castelo Melhor, integrados no Agrupamento de Escolas de Pombal; e ainda os alunos do Centro Escolar da Fonte Nova, EB Casalinho, EB Escoural, EB Travasso, EB Gualdim Pais e EB de Santiago de Litém, do Agrupamento de Escolas Gualdim Pais. A estes estabelecimentos de ensino públicos juntam-se o Jardim Escola Primeiro Degrau, o Externato A Falinha, O Sobreirinho, a APEPI e a CERCIPOM.
No mesmo dia, mas a partir das 14h30, o Município de Pombal, através da Unidade de Desenvolvimento Social, promove um 𝗕𝗮𝗶𝗹𝗲 𝗱𝗲 𝗖𝗮𝗿𝗻𝗮𝘃𝗮𝗹 𝗦𝗲́𝗻𝗶𝗼𝗿, com entrada livre, no Pavilhão das Actividades Económicas (zona desportiva), destinado a toda a comunidade sénior do concelho. “Através da música e da dança pretende-se fomentar os festejos de Carnaval e o convívio entre os utentes das diferentes Instituições Particulares de Solidariedade Social e entidades privadas com fins lucrativos com resposta social para pessoas idosas”, refere o município, mas também entre a restante população sénior em geral que queira associar-se a esta iniciativa.

Desfiles de escolas fora da cidade
Não é apenas na cidade que há desfiles de escolas. Na Redinha, os alunos do Centro Escolar vestem-se com o tema “Mar” e saem à rua, esta sexta-feira, a partir das 10h30. A folia estende-se às Meirinhas, onde a Associação de Pais organiza o Carnaval a partir das 10h00. O percurso inicia-se no centro escolar, passa pela creche “Lua Nova”, Junta de Freguesia e termina no largo da Igreja.
A Oeste do concelho, também na sexta-feira, o Centro Escolar dos Vieirinhos, o projecto Paripasso e o Centro Social do Carriço organizam um corso carnavalesco, a partir das 10h00, acompanhado de uma banda musical. O trajecto tem início junto ao Centro Escolar, passa pela Cultiflor, Capela dos Vieirinhos e termina no mesmo estabelecimento de ensino.

 

FOLIA SAI À RUA UM POUCO POR TODO O CONCELHO

Tradição volta a cumprir-se em Abiul
Com o fim da pandemia, as colectividades e instituições do concelho abrem as portas à animação de Carnaval. Em Abiul, a tradição volta a cumprir-se e o corso carnavalesco sai à rua a partir das 15h00 do dia 19 (domingo), com os foliões a concentrarem-se junto ao Lar Otília Lourenço. Na noite anterior, dia 18, é tempo de dar um pezinho de dança no Baile de Carnaval que a Junta de Freguesia e a Associação SicóTrilhos organizam, a partir das 22h00, no edifício junto à Praça de Touros. A animação vai estar por conta de John Mitchell, as entradas são gratuitas e há prémios para o maior grupo e melhor mascarado.
Já na Associação da Ranha de Baixo (AREC), o Carnaval celebra-se à mesa, com um almoço, a partir das 12h30, e que tem como prato principal cozido à portuguesa. Os participantes são desafiados a irem mascarados. O mesmo acontece na Associação da Moita do Boi, onde no dia 18 (sábado) há jantar, com cozido à portuguesa, e baile com Emiliano Music. É também cozido à portuguesa que vai ser servido no Domingo Gordo (19), no salão paroquial de S. Simão de Litém. As entradas custam 12 euros e as reservas podem ser feitas para os telefones: 936 041 983, 968 892 320,917 925 753 ou 919 817 551. O mesmo prato vai chegar à mesa da associação da Cartaria, no domingo (19), a partir das 13h00. As entradas custam 15 euros e para as reservas estão disponíveis os telefones 919 596 236 ou 965 197 750.
Na Associação de Dadores de Sangue de Outeiro da Ranha (Vermoil), o Domingo Gordo vai ser sinónimo de feijoada, o prato principal do almoço que será servido a partir das 12h30.

 

Filarmónica leva o público até Veneza em concerto a favor da APRAP
O ambiente de Veneza vai ‘invadir’ o Teatro-Cine de Pombal no domingo de Carnaval. O tradicional concerto da Filarmónica Artística Pombalense (FAP), agendado para dia 19, às 16h30, conta com um programa de excelência que conduz o público numa “viagem musical, cheia de mistérios e descobertas pelos canais e monumentos da maravilhosa cidade de Veneza”, como descreve a instituição. A FAP desafia os presentes a deixarem-se “embalar pelas belas e excêntricas melodias dos melhores compositores de todos os tempos”, proporcionando “sensações mágicas”.
Para além de usufruir de um programa que conta, ainda, com a participação da Academia de Dança da FAP, do Grupo de Dança Oosfera e da Tuna da Universidade Sénior de Pombal, o público vai poder associar-se a uma causa nobre, já que as entradas, com um custo de cinco euros, revertem a favor da Associação de Pensionistas, Reformados e Aposentados de Pombal.

Louriçal ajuda bombeiros
No Louriçal, o Carnaval é também sinónimo de solidariedade. No dia 17, sexta-feira, a 4ª Companhia dos Bombeiros Voluntários de Pombal organiza um baile, a partir das 20h00, cujas receitas revertem a favor dos soldados da paz.
A entrada custa 10 euros e inclui sandes de porco no espeto, uma bebida e sopa. A animação é assegurada pela banda Big Jovem.

Freguesia da Redinha com “Sabores da nossa terra” e Graciano Ricardo
A Associação Recreativa, Desportiva e Cultural da Charneca da Redinha promove, no fim-de-semana do Carnaval, nos dias 18 e 19, os “Sabores da nossa terra”. O evento gastronómico decorre no sábado, ao jantar, a partir das 19h00, e no domingo, ao almoço, a partir das 12h00. A ementa inclui sopa de legumes, sopa de carneiro e tortulho, vitela, bacalhau com batatas a murro e sobremesas diversas. As reservas podem ser feitas pelos telefones 914 743 812 ou 910 358 690.
Na mesma freguesia da Redinha, a associação das Barreiras abre portas aos foliões com um baile de Carnaval, no domingo à noite (19), a partir das 21h00, animado por Graciano Ricardo. Há prémios para os melhores mascarados.

Baile na Silveirinha Grande e Claras
A Associação Cultural, Recreativa e de Melhoramentos da Silveirinha Grande e Claras (freguesia do Carriço) é a anfitriã do baile de Carnaval marcado para o dia 18 de Fevereiro (sábado), a partir das 22h00. A animação musical vai ser feita ao som de Big Jovem. A organização tem prémios para as máscaras mais originais, individuais ou grupos.

Na zona Oeste do concelho, há também a opção de se divertir, igualmente no sábado, na associação do Grou. A ARCUDE organiza um baile de Carnaval, a partir das 22h00, animado pelo Duo MK. Após a meia-noite, os acordes musicais são dados por Kid Loco e Los Mysterios. Há prémios para os melhores mascarados (maior grupo, melhor grupo e melhor individual).

John Mitchel anima Pinheirinho
A Associação Unidos do Pinheirinho é outra das opções para quem se quer divertir neste Carnaval. A colectividade da freguesia de Pombal organiza um baile (21h30), animado por John Mitchel, com concurso de máscaras. Há prémios para o maior grupo (tema em comum), melhor grupo e melhor máscara (1º, 2º e 3º).