Lançado novo concurso para construir campo de futebol 11 às portas da cidade

0
913

A Câmara Municipal de Pombal aprovou, na sua reunião de 31 de Agosto, a abertura de um novo concurso público para construir um construir um campo de futebol 11 às portas da cidade.

O novo procedimento contempla um aumento ligeiro do preço base, que agora passou para 600 mil euros (acrescidos de IVA).

A obra, que tem um prazo de execução de 150 dias, contempla a construção do campo de futebol 11 com 100 metros de comprimento e 64 metros de largura, cumprindo as medidas recomendadas pela Federação Portuguesa de Futebol e a FIFA.

Este novo equipamento desportivo vai ser edificado junto ao Corredor Ribeirinho do Rio Arunca, num terreno com 13.235 metros quadrados de área, situado entre o Estádio e a Piscina Municipal.

Recorde-se que além do novo campo de futebol 11, a empreitada inclui também os arranjos exteriores envolventes e a criação de uma bolsa de estacionamento de apoio à actividade desportiva com 37 lugares, dois quais dois serão reservados a pessoas com mobilidade condicionada.

O projecto prevê ainda a criação de uma via no interior da parcela, acompanhada com bolsas de estacionamento e passeio nas zonas adjacentes, assim como uma zona ajardinada de separação entre a via principal e a zona de intervenção, com sementeira de prado e plantação de novas árvores autóctones.

“Neste momento, a empreitada não tem balneários previstos”, informou o vereador Pedro Navega, salientando que, “para agilizar isto o mais rápido possível”, o concurso agora aberto inclui “só o campo, a iluminação e redes de infra-estruturas associadas”.

“No entanto, o projecto tem já prevista a localização dos balneários”, cujo procedimento para a sua construção “iremos lançar a posteriori”, revelou o responsável pelo pelouro das Obras Públicas, argumentando que a edificação dos “balneários iria atrasar a obra devido aos pareceres necessários”.

De referir que este novo concurso público surge depois de um primeiro, lançado em Junho, ter sido extinto por falta de propostas admitidas.