Núcleo Oeste do PSD foi ouvir preocupações das instituições sociais

0
1083

“Penso que as IPSS’s deviam ser mais apoiadas”. O alerta foi deixado por António da Conceição, presidente da direcção da ACUREDE, da Guia, uma das últimas instituições visitadas esta segunda-feira pelo Núcleo do Oeste do PSD, no âmbito de um roteiro social organizado por aquela estrutura partidária com o objectivo de “acompanhar e apoiar” o trabalho das IPSS’s da União de Freguesias da Guia, Ilha e Mata Mourisca. A integrar a comitiva estiveram, também, o dirigente do PSD Pombal e deputado à Assembleia da República, Pedro Pimpão, e o presidente da Junta de Freguesia, Manuel Serra.

Depois de uma manhã dedicada aos centros sociais e paroquiais da Ilha, Guia e Mata Mourisca, presididos pelo pároco António Nogueira, o programa da tarde foi preenchido com uma visita à CERCIPOM, à ACUREDE e Associação da Moita do Boi, onde encerrou o programa. Em todas elas, a comitiva procurou ficar a par do trabalho desenvolvido, das dificuldades sentidas no dia-a-dia e das necessidades mais prementes.

Um conjunto de instituições que, segundo Rui Acácio, presidente do núcleo, “têm uma fortíssima importância, visto que proporcionam mais qualidade de vida, acompanhamento especializado, ocupação de tempos livres e educação de qualidade”.

A intenção do núcleo social-democrata do Oeste é “conhecer mais de perto estas instituições e, dentro das possibilidades, apoiá-las para que a comunidade da freguesia possa amanhã ter mais e melhores valências”, adiantou Rui Acácio, à margem daquela que foi a primeira grande iniciativa desde que assumiu o cargo. O intuito é continuar a promover acções que promovam uma maior proximidade à população, disse ao nosso jornal.

Todos os pormenores desta notícia (e mais fotos) na próxima edição do Pombal Jornal (17 de Dezembro)