Manutenção abre portas à possibilidade de subida

0
246

No passado dia 6 de Abril, disputou-se mais uma ronda do campeonato nacional da 3ª divisão, série “C”. A Oficina Criativa Fabrikarts/Jrsf Lda. recebeu os Corvos do Lis “B” (Leiria), equipa teoricamente mais forte. Apesar de se encontrarem desfalcados, dada a ausência de dois dos seus melhores tabuleiros, José Paulino e o CM Paulo Fanha, os pombalenses venceram por 3-1 os Leirienses, tendo-se apresentado com o quarteto composto Filipe Saraiva, Jorge Barrento, Micael Gomes e Joaquim Pereira. Já os Corvos do Lis “B” disputaram a competição com José Bray, Rui Feio, Pedro Bastos e António Oliveira.
Com esta vitória, a equipa da Oficina Criativa Fabrikarts/Jrsf Lda. pode agora sonhar com a subida à 2ª divisão, uma vez que, aquando do concentrado da Marinha Grande, a realizar em Maio, os xadrezistas de Pombal já podem contar com os contributos de José Paulino e CM Paulo Fanha.

Resumo do Encontro
No decurso da partida, Micael empatou rápido com Pedro Bastos na mesa 3 para, logo de seguida, Joaquim Pereira obter igual resultado, na mesa 4, com António Oliveira, deixando o encontro marcado pela igualdade (1-1).
Cerca de 1 hora depois, Barrento, com as negras, vence Rui Feio na mesa 2, passando o encontro para 2-1, a favor dos pombalenses. Nesta altura, bastava a Filipe Saraiva empatar a partida com José Bray para a “Oficina Criativa” vencer o encontro.
Após luta tenaz, Filipe Saraiva tira proveito da sua boa estrutura e vence José Bray, que já se encontrava em situação difícil. Uma grande vitória de Filipe Saraiva que, desde o início, comandou as operações, face a um adversário temível, como é o caso do conhecido José Bray. Também a vitória do pombalense Jorge Barrento, na mesa 2, face a Rui Feio, transmitiu a confiança necessária para que Filipe Saraiva gerisse a partida e o resultado do encontro.

Local & Convívio
Mais uma vez a Oficina Criativa jogou no Belém Hotel, numa sala de excelência para a prática da modalidade, a que acresce uma outra para análises. No local, e ainda antes do início do encontro, os xadrezistas trocaram ideias e debateram a situação da modalidade no distrito.
O conceito “Conhecer POMBAL à boleia de um xeque-mate” esteve presente por Filinata Pastelaria.
Uma tarde de muito xadrez em que a equipa pombalense derrotou uma equipa teoricamente superior, por um esclarecedor 3-1, com vitórias nas mesas principais (mesa 1 e 2).
Para o sucesso do evento contribuíram a família Roma, proprietária do Belém Hotel, onde decorreu o encontro, o delegado e capitã Melanie Neves e ainda Joaquim Pereira, que se deslocou de Viseu para que a equipa se apresentasse mais homogénea, a quem a organização agradece todo o apoio prestado.
Os interessados na prática da modalidade têm disponíveis os seguintes contactos: oficinacriativa.pbl@gmail.com | 919 850 373.