Futuro da Agricultura em Abiul vai estar em debate

0
978

Debate realiza-se este sábado, dia 30, e conta com a participação de especialistas e vários empresários da freguesia ligados ao sector. Secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar marca presença no encerramento e, depois disso, visita instalações da queijaria “Camponês da Sicó”.

“O Futuro da Agricultura na Freguesia de Abiul” é o tema do colóquio que a Junta de Freguesia de Abiul promove este sábado, dia 30, no auditório do edifício-sede.

O objectivo do evento é “trazer à freguesia especialistas ligados ao sector”, como explica a presidente do executivo, Sandra Barros. Em análise vão estar temas como os Fundos Comunitários disponíveis no Actual Programa de Desenvolvimento Rural, a Bolsa de Terras e a Estratégia de Desenvolvimento Local para a Região da Sicó.
a organização convidou, também, algumas empresas da freguesia, ligadas ao sector primário, a darem o seu contributo para o debate, numa mesa redonda que será dinamizada pelo
presidente da Portugal Foods, Amândio Santos. No programa está igualmente prevista a celebração de um protocolo de colaboração para a instalação de um campo de demonstração de medronho na freguesia de Abiul. “Um momento importante para Abiul”, considera Sandra Barros, uma vez que a protocolo permitirá a “criação de valor para os nossos agricultores e para os nossos jovens que querem apostar na fileira do medronho”, refere a presidente.
A criação de um campo de demonstração de medronho, em 2015, representa um projecto inovador no concelho e que, segundo Sandra Barros, “permitirá a todos os interessados obter conhecimentos sobre a cultura” e, ao mesmo tempo, constituirá “mais uma razão para as pessoas visitarem a nossa freguesia”.
“A Junta de Freguesia de Abiul considera não só a fileira do medronho, mas todo o sector agrícola como um pilar estratégico para potencializar a criação de riqueza e promover uma maior inclusão na nossa freguesia”, afirma Sandra Barros.
A presidente do executivo destaca, ainda, o facto de serem “a primeira freguesia do concelho a organizar um colóquio tão abrangente sobre esta temática, reflectindo o nosso empenhamento em apoiar os nossos agricultores e as nossas empresas”
O encerramento da iniciativa será feito pelo secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito, que, depois disso, irá também visitar a “Queijaria Camponês da Sicó”, na Lagoa das Ceiras (Abiul), uma vez que é a única queijaria do concelho a produzir Queijo do Rabaçal – DOP.