Falta de médico no hospital de Pombal motivou queixas

0
630

O Hospital Distrital de Pombal esteve sem médico no Serviço de Urgência Básica, no domingo passado, o que desencadeou reacções críticas de várias pessoas, sobretudo através das redes sociais.
Contactada sobre esta situação, a administração do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) explicou, através do Gabinete de Comunicação, que a ausência ficou a dever-se a “motivos imprevistos e alheios ao Centro Hospitalar de Leiria”, resultantes da ocorrência de “uma falha inesperada na escala médica do Serviço de Urgência Básica de Pombal”. O CHL esclarece, ainda, que “a situação foi colmatada com o reencaminhamento dos doentes para o Serviço de Urgência Geral do Hospital de Santo André até ser restabelecida a normalidade”, sublinhando tratar-se de uma ocorrência “pontual”.
Na mesma nota de esclarecimento, o CHL adianta também que a ausência de médico registou-se “entre as 20h30 e as 23h00 sensivelmente”, reportando-a a “uma falha da empresa que fornece os médicos ao Serviço de Urgência Básica no Hospital Distrital de Pombal, tendo sido a primeira vez que terá acontecido”. O CHL acrescenta que “a empresa tentou substituir os médicos em falta. Não obstante, não houve perturbação para os doentes”, refere.