Cobertura do campo de ténis de Pombal deve avançar “a curto prazo”

0
208

O procedimento concursal para colocação de cobertura no campo de ténis de Pombal deverá ser lançado “a curto prazo”, informou o vereador Pedro Navega, que quer ver resolvida esta situação “no mais curto espaço de tempo”. Recorde-se que a execução desta obra vem sendo adiada desde 2017, ano em que este projecto venceu o Orçamento Participativo (OP).
“Estamos a tentar encontrar a melhor solução para a cobertura do campo de ténis de Pombal”, afirmou o responsável pelo pelouro das Obras Públicas, salientando que “já temos alguns orçamentos e duas possibilidades”.
A primeira passa por instalar “uma estrutura metálica fixa”, solução essa que não deverá avançar, porque, entretanto, “disparou o valor”.
Por isso, “agora estamos a ponderar uma solução de tenda, que está a ser muito utilizada em vários espaços desportivos do género”, adiantou o autarca, sublinhando que “o nosso objectivo é lançar o procedimento a curto prazo, para resolvermos esta situação do OP de 2017 no mais curto espaço de tempo”. Por esse motivo, “temos estado a trabalhar afincadamente para resolver esta situação.”
Os esclarecimentos de Pedro Navega foram dados na reunião da Câmara Municipal de 30 de Novembro, em resposta à vereador Odete Alves, que quis saber o ponto de situação deste projecto, que está “aprovado há seis anos”.
A questão da socialista foi colocada numa altura em que decorria a votação dos projectos aceites na edição deste ano do OP, votação essa que terminou a 12 de Dezembro, já depois do fecho desta edição.
De salientar que foram apresentadas 32 propostas para o OP 2023, das quais 11 foram aceites para votação. A divulgação do(s) vendedor(es) está prevista acontecer a partir de 13 de Dezembro.

Carina Gonçalves | Jornalista

*Notícia publicada na edição impressa de 14 de Dezembro