Castanheira de Pera aprova incentivos para médicos que podem chegar aos 2.200 euros por mês

0
519

A Câmara Municipal de Castanheira de Pera prevê implementar incentivos aos médicos que se fixem no concelho, os quais podem chegar aos 2.200 euros por mês. Esta medida faz parte do Regulamento Municipal de Apoio à Fixação de Médicos, que foi aprovado pelo executivo camarário na sua reunião de 30 de Novembro.

Com vista a ultrapassar as “dificuldades na captação e fixação de médicos de medicina geral e familiar na Unidade de Saúde da UCSP de Castanheira de Pera”, a autarquia decidiu lançar o projecto de regulamento, que inclui “um pacote de medidas de incentivo à fixação de médicos”.

Este regulamento prevê a “atribuição de 2.200 euros mensais a cada médico de família que se fixe no concelho ou um apoio que pode ir até aos 500 euros para os médicos que optem por trabalhar no concelho de Castanheira de Pera e viver em outra localidade”, refere uma nota da autarquia.

Com estas medidas, o município tenciona “estancar um problema que afecta a população maioritariamente idosa, dispersa por todo o concelho e que necessita de acompanhamento médico e cuidados regulares”.

Para o presidente da autarquia, António Henriques, “revela-se necessário criar os mecanismos de incentivo destinados a promover a melhoria dos cuidados de saúde no concelho, sobretudo na área da medicina familiar, e a fixação de médicos de medicina geral e familiar, área fundamental no tratamento, mas sobretudo da vigilância, rastreio e prevenção nas diversas valências: saúde materno-infantil e da grávida, planeamento familiar, diabetes, hipertensão e até doenças oncológicas”.