Um milhão de dólares de facturação vale a Jorge Piedade Prémio Carreira

0
905

O agente imobiliário Jorge Piedade viu o seu trabalho de 16 anos ser reconhecido na Convenção Internacional da Remax, realizada a 28 de Fevereiro, em Las Vegas.
Ao serviço da Remax Marquês desde que a agência abriu portas (foi o primeiro agente), Jorge Piedade foi distinguido com o Prémio Carreira, atribuído aos profissionais que atinjam um milhão de dólares de facturação. Um mérito que diz não ser “fácil” de alcançar e que só se conquista com “muito sacrifício e dedicação”.
Jorge Piedade é o primeiro agente imobiliário da Remax Marquês a alcançar este feito e um dos primeiros do distrito a ver o seu trabalho ser alvo deste reconhecimento.

Jorge Piedade e Ilídio Sousa (broker do Grupo Confiança)

Com 52 anos de idade, Jorge Piedade chegou ao ramo imobiliário sem que nada o fizesse prever. Trabalhava na área comercial quando, no decurso de um negócio para compra de casa, o desafio lhe foi lançado por Ilídio Sousa, broker do Grupo Confiança. Aceitou e, desde então, acredita que tem construído um percurso de “persistência” e “consistência”.
Numa breve análise ao mercado imobiliário, o agente diz que o aumento das taxas de juro, que resulta num acréscimo da taxa de esforço, tem contribuído para “uma retracção maior ao nível da compra de imóveis novos”. Ainda assim, os efeitos não são, para já, significativos.
As tipologias T2 e T3 continuam a ser as mais procuradas, nomeadamente ao nível dos usados, onde os preços praticados tornam a compra mais acessível. Os imóveis à venda entre os 100 e os 120 mil euros são “mais facilmente vendáveis”, atendendo ao rendimento médio das famílias, afirma Jorge Piedade.

*Notícia publicada na edição impressa de 23 de Março