Mais de 5.000 medronheiros plantados em Ramalhais querem travar incêndios

0
318

Perto do campo de futebol de Ramalhais, na freguesia de Abiul, foram plantados 5.400 medronheiros. O projecto, integrado no âmbito do programa “Condomínio de Aldeia” e executado pela Associação de Produtores Florestais de Pombal, visa converter áreas florestais noutros usos, como forma de garantir a protecção e prevenção contra incêndios rurais, que assolam com frequência aquele território.

Na visita de trabalho do executivo realizada à freguesia no dia 16 de Maio, autarcas e técnicos do Município passaram pelo local, onde tiveram oportunidade de ver as intervenções realizadas.

Ao todo, o projecto, implantado em terrenos da Junta de Freguesia, abrange uma área próxima dos 20 hectares e inclui, para além dos medronheiros, um ecoponto agro-florestal com 1100 metros quadrados, onde os particulares podem depositar os sobrantes e evitar, deste modo, a realização de queimas, mas também seis reservatórios de água de 1000 litros cada, destinados a assegurar, através da rega das plantas, a sustentabilidade do projecto.

Com a intervenção já concretizada, cabe agora ao Município assegurar a manutenção daquela área, nomeadamente o controlo de matos e vegetação espontânea, assim como de densidade excessiva.

Tal como noticiado em 2022, aquando do anúncio do projecto, na aldeia de Ramalhais “a área de intervenção encontra-se inserida em Rede Natura 2000”, pelo que o objectivo passa por “preservar aquele habitat natural, dotando-o com uma maior biodiversidade”, de forma a cumprir com as obrigações inerentes à “protecção e prevenção contra incêndios rurais”, sem comprometer os “valores naturais de excelência” ali existentes.

 

Projecto também em Brinços

Depois de Ramalhais, o projecto vai ser agora lançado a concurso para a aldeia de Brinços, na mesma freguesia. Também aqui, o Município apresentou uma candidatura no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), estando previsto um investimento na ordem dos 42.000 euros.

 

*Notícia publicada na edição impressa de 26 de Maio