Encontro de Literatura com Alto Patrocínio do Presidente da República

0
613

O Presidente da República concedeu o Alto Patrocínio ao Encontro Infantojuvenil Caminhos de Leitura, que regressa este ano a Pombal “com um formato híbrido que permitirá continuar a acolher alguns dos mais consagrados especialistas e escritores nacionais e internacionais”, informa a autarquia. Mia Couto (Moçambique), Ondjaki (Angola), Ernestro Rodriguez Abrad (Espanha), Danuta Wojciechowska (Canadá), Dona Batalim, Jorge Serafim, Paulo Condessa, Margarida Botelho e Paulo Galindro são alguns dos convidados que irão participar no evento que decorrerá de 11 a 25 de Junho.
Na sua comunicação ao Município de Pombal, Marcelo Rebelo de Sousa, aproveita para “felicitar os organizadores pelo interesse e mérito desta iniciativa” e formular “votos de maior sucesso”.
Dezoito anos depois, o Caminhos de Leitura afirma-se no panorama regional, nacional e internacional como “um encontro no qual se cruza o pensamento crítico de diversos especialistas sobre questões da literatura para a infância, dando ênfase ao tema da promoção do livro e da leitura para a infância e para a juventude”, refere a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Pombal.
“Num formato descontraído e, acima de tudo, afectivo, temos dado a conhecer autores (escritores e artistas) e especialistas de vários países, num intercâmbio de experiências e saberes”, destaca Ana Maria Cabral. “Transformamos o cais de embarque, a cidade de Pombal, em apeadeiros da ilustração, leitura e memória, proporcionando uma dinâmica imersiva aos participantes e convidados”, frisa a autarca, salientando que “mais de cinco centenas de especialistas, escritores, ilustradores, narradores passaram por Pombal, partilharam leituras que traziam na bagagem e levaram muitas outras experiências”.
“O Encontro Infantojuvenil Caminhos de Leitura tem valorizado os parceiros locais, nos quais se inserem todas as escolas do concelho, dos vários níveis de ensino, e o impacto deste trabalho trouxe a confiança de parceiros nacionais”, sublinha a edilidade, apontando como exemplos o Plano Nacional de Leitura, a Rede de Bibliotecas Escolares, o Instituto Camões, a Direcção do Livro e das Bibliotecas e a Fundação Calouste Gulbenkian.
Ao nível internacional, o reconhecimento surgiu da parte de parceiros de referência, como a Universidade Castilla-la-Mancha (UCLM), PUC-Rio Letras, Instituto Interdisciplinar de Leitura – IILER, e Cátedra Unesco de Leitura (Brasil), aos quais se associaram as Embaixadas do Japão, do Brasil, da Espanha, do México, do Reino Unido, da Argentina e da França.
“Num momento em que somos confrontados com o novo relatório do PISA (2018) que lança o desafio de se encontrarem novos caminhos, incentivando o gosto pela leitura nos jovens, o Encontro de Literatura Infantojuvenil Caminhos de Leitura é irreversível nesta procura inquieta de promover ambientes com livros e leitores em contextos formais e informais”, conclui Ana Maria Cabral.

Carina Gonçalves | Jornalista