CDU entrega listas concorrentes às autárquicas

0
1852

A Coligação Democrática Unitária (CDU) formalizou nesta manhã de sexta-feira, 4 de Agosto, as candidaturas autárquicas às eleições de 1 de Outubro. Eram 11h05 quando entregaram, no Tribunal de Pombal, as listas candidatas à Câmara, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia de Pombal, Louriçal, Vermoil e União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze.

Jorge Neves, cabeça de lista à Assembleia Municipal de Pombal, referiu ao nosso jornal que o objectivo da CDU passa por manter uma presença naquele órgão autárquico, “e se possível reforçar”. Quanto às restantes candidaturas, “logo se vê”. “Caso tenhamos eleitos estaremos cá”, frisa.

Por outro lado, o candidato considera que as listas apresentadas correspondem aos “objectivos” e acontecem nas freguesias onde a CDU tem tido uma presença ao longo dos anos. Jorge Neves saliente, contudo, o envolvimento de “mais gente, e sobretudo jovens, nas diversas listas”, uma vez que “o partido está mais prestigiado, bem visto, muito devido ao trabalho sério que tem desenvolvido”.

A lista candidata à Câmara Municipal é encabeçada por Fernando Domingues, que não esteve presente no momento de formalização da candidatura, sendo constituída ainda por Egídio Silva Farinha, Vanessa Gonçalves Luís, Adérito Araújo, Alfredo António Santos, Fernanda Carvalho Marques, Manuel Conceição Rodrigues, Hilário Silva Oliveira e Natália Sousa Gomes.

Por sua vez, António Jorge Ferreira Costa é candidato à Junta de Freguesia de Pombal, Lécio da Cruz Leal, à autarquia do Louriçal, e Hilário Silva Oliveira, à de Vermoil. Já Manuel Hermínio Silva Mendes encabeça a lista à União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze.

Partilhar
Artigo anteriorBloco de Esquerda já formalizou candidatura autárquica
Próximo artigoIndependentes formalizam candidatura de Narciso Mota – Pombal Humano
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.