Prevenir é o melhor remédio

0
290

A segurança no calçado é importante e nalguns contextos laborais é fator obrigatório. Mas será que nos trabalhos domésticos, ou pequenos trabalhos agrícolas, devemos adequar o calçado à atividade? A resposta é sim!
Estamos numa altura em que se faz a poda das árvores, e por isso é importante que calçado usar (ou não usar!) quando for subir “às árvores”!
O calçado deve ser justo ao pé, e ser antiderrapante, se o piso for escorregadio, ou com biqueira se a atividade for relacionada com objetos pesados (p. ex.: manuseamento de lenha), ou até com palmilha de segurança, por causa de pregos ou material pontiagudo. No caso de subir a umas escadas para podar as suas árvores de fruto ou simplesmente ornamentar o seu jardim deverá ter especial atenção ao calçado, e por isso as “famosas” botas de borracha deverão ser colocadas de parte! Eu sei que não é fácil, pois é um calçado usado desde o tempo dos nossos avós, e todos nós temos, pelo menos, um par em casa!

Mas que perigo acarreta? Pois bem, um calçado que não fique justo ao pé (sejam as botas de borracha ou não!), e que possa ser de cano alto, que igualmente não fique justo à perna, pode levar a que numa queda, o pé ou a articulação entre o pé e a tíbia, a tibiotársica – “artelho” (como é conhecida por muitos), fique preso(a) dentro do calçado e não acompanha o movimento do resto do corpo na trajetória da queda. Neste tipo de situações ocorrem sempre múltiplas fraturas, com ruturas de tendões e ruturas de ligamentos, sendo estes últimos difícil recuperação no bloco operatório. São sempre prognósticos complexos, pois tendem a ser precisas várias cirurgias, seguidas de um plano multidisciplinar de reabilitação física…e o melhor remédio é a prevenção.

Também é importante certificar-se que o calçado tem certificação europeia, há situações em que o calçado é importado e não tem a segurança para a qual está destinado, a última norma para calçado de segurança é EN ISSO 20345:2022 e para calçado ocupacional é a norma EN ISSO 20347:2022. Mantenha-se informado para na hora da compra fazer uma escolha segura e consciente.

Um agradecimento ao Senhor Frederico Gomes pela cedência das imagens, da cirurgia realizada ao pé direito por múltiplas fraturas, após queda em atividade de lazer de jardinagem com calçado inapropriado.

Artigo escrito pela Fisioterapeuta Bárbara Gomes OF571 – 3R CLÍNICA