Lusiaves anuncia criação da “fábrica mais sustentável” na Guia

0
1148

Na Guia “vai nascer a fábrica mais sustentável”, anunciou hoje o Grupo Lusiaves, esclarecendo que “a futura unidade industrial disporá das tecnologias mais avançadas na produção alimentar, para assegurar a qualidade dos produtos, a satisfação dos clientes e impacte ambiental reduzido”.


“A futura fábrica (Lusiaves Fablab), a construir na Zona Industrial da Guia, faz parte de um conjunto de unidades de produção que integram este Grupo, cuja missão é produzir e oferecer um serviço de excelência aos seus clientes, com produtos alimentares de qualidade, inovadores e competitivos”, informa a empresa, que prevê investir naquela unidade mais de 15 milhões de euros.
“Esta iniciativa é mais uma forma de a Lusiaves ter uma resposta rápida e flexível às expectativas e necessidades dos consumidores, que apresentam, cada vez mais, exigências muito personalizadas e diferenciadas”, refere o administrador da área industrial, Carlos Caldeira, adiantando que “queremos conseguir isso através de forte inovação”.
“Neste sentido, todos os esforços são orientados para obter elevados padrões de qualidade e segurança alimentar e de sustentabilidade, integrando sistemas de automação”, pode ler-se no comunicado.
A nova fábrica, que se destina à produção de produtos preparados e transformados de carne de aves, “recorre às mais avançadas tecnologias disponíveis para o sector, com a adopção das melhores práticas conhecidas na produção e transformação de carne de aves, de forma a obter uma melhoria contínua da textura e composição nutricional dos alimentos, através de processos completamente naturais de produção”, sublinha a empresa.
Assim, “esta unidade industrial será dotada das melhores técnicas disponíveis para a prevenção e minimização de possíveis impactes associados, nomeadamente de medidas que garantam o consumo sustentável dos recursos naturais e a gestão adequada dos subprodutos e das águas residuais, procedendo-se ao seu tratamento e reutilização”.
Com este investimento prevê-se criar “cerca de 100 novos postos de trabalho, sobretudo de trabalhadores especializados”, destaca a empresa, assegurando que no recrutamento “serão privilegiadas as candidaturas de pessoas provenientes da Guia e do concelho de Pombal ou zonas limítrofes”.
De referir que o Grupo Lusiaves foi fundado em 1986, por Avelino Gaspar, na Marinha das Ondas (Figueira da Foz), sendo hoje uma referência no sector avícola e agroalimentar, a nível nacional e internacional.

Carina Gonçalves | Jornalista