GNR intensifica fiscalização sobre acidentes com tractores

0
325

Até ao dia 31 de Julho, a Guarda Nacional Republicana (GNR) está a intensificar o patrulhamento nas explorações agrícolas, em todo o território nacional, com o objectivo de prevenir a criminalidade em geral e os furtos em particular, dando ainda especial atenção aos acidentes com veículos agrícolas (tractores) e possíveis situações de tráfico de seres humanos.
“Os militares, atendendo ao número de acidentes mortais que envolvem veículos agrícolas, irão sensibilizar os utilizadores de tractores e máquinas agrícolas, para as regras de segurança inerentes à condução e utilização de tais veículos, dando primazia ao contacto pessoal”, refere aquela força de segurança.
No intuito de garantir que as diversas campanhas agrícolas decorram num clima de segurança, a GNR vai desenvolver acções de policiamento de proximidade e de fiscalização, empenhando militares de diferentes valências, nomeadamente, dos Comandos Territoriais, do Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente, da Investigação Criminal e da Unidade de Acção Fiscal, existindo ainda um reforço do patrulhamento a cavalo.

Partilhar
Artigo anteriorCARTAS POMBALINAS | Natalidade, envelhecimento e o ideal de felicidade
Próximo artigoParque desportivo de Abiul financiado pelo programa BEM
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.