GNR deteve três homens do Carriço por suspeita de furtos

0
1099

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Pombal da Guarda Nacional Republicana deteve, na manhã desta terça-feira, dia 26, três homens residentes na freguesia do Carriço por suspeita da prática de vários crimes de furtos em estabelecimentos comerciais da região.

Os indivíduos, com idades entre os 31 e os 36 anos, foram detidos no âmbito do cumprimento de um mandado de busca domiciliária, na sequência de investigações perante várias denúncias de crimes de furto a interior de estabelecimentos comerciais no concelho de Pombal.

Durante aquela acção, os militares da GNR apreenderam diverso material proveniente de furtos na região, bem como objectos que foram relacionados com furtos efectuados no concelho de Vagos, no concelho de Aveiro, segundo informou o Comando Territorial de Leiria da GNR.

De acordo com o mesmo comando, de entre os vários “bens e objectos dos furtos e outros utilizados para a sua prática”, encontram-se um veículo ligeiro de passageiros, um “pé de cabra”, um martelo com cabo de madeira, uma caixa de ferramentas com vários alicates e chaves, 855 raspadinhas de vários jogos, com valor de 1.445 euros, 120 unidades de tabaco, acondicionadas em onças, latas, maços e pacotes de várias marcas, no valor de 469,04 euros, 33 caixas de mortalhas, 200 euros em notas e moedas, duas munições de calibres diferentes, dois auto-rádios, dois “tablet”, um relógio, e várias caixas de medicamentos.

Os detidos foram, durante a tarde de ontem, presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial da Comarca de Vagos, desconhecendo-se quais as medidas de coacção aplicadas.

Orlando Cardoso (texto)