COVID-19 | Pombal activa Plano Municipal de Emergência e Protecção Civil

0
1381

O presidente da Câmara de Pombal activou hoje o Plano Municipal de Emergência e Protecção Civil, anunciou esta tarde a autarquia.
Num comunicado, a Câmara Municipal refere que a activação do plano “visa garantir que as entidades e instituições que integram a Comissão Municipal de Protecção Civil accionem, a nível municipal, no âmbito da sua estrutura orgânica e das suas atribuições, os meios necessários ao desenvolvimento das acções de protecção civil, reforçando a resposta à pandemia no concelho”.
“Permite também o accionamento dos meios, públicos e privados, necessários para responder às necessidades, acrescenta.
Por outro lado, o mesmo comunicado dá conta que “considerando a situação de emergência e os seus impactos sanitários, sociais, económicos e operacionais, e não obstante a articulação permanente que tem existido com todos os membros do executivo municipal” será realizada esta sexta-feira, às 17h00, uma reunião extraordinária da Câmara Municipal.
“No briefing diário de acompanhamento da evolução local, regional e nacional da pandemia Covid-19 ficou também definido o ajustamento dos horários da rede de transportes urbanos de passageiros (PomBus), sendo os autocarros desinfectados a cada 20 minutos”, acrescenta o comunicado, recordando que “foram hoje encerrados todos os serviços presenciais de atendimento ao público do município e que os cemitérios, de gestão municipal, estão encerrados, excepto para a realização de cerimónias fúnebres”.
Por sua vez, o mercado municipal manter-se-á em funcionamento, encerrando às 14h00, refere, apelando aos “postos de abastecimento públicos de todo o concelho que mantenham o seu funcionamento e o apoio à população”.

Partilhar
Artigo anteriorFurto a talho
Próximo artigoCentro Hospitalar de Leiria já pode realizar análises ao vírus Covid-19
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.