Café Concerto despede-se do Verão com Noite Branca e solidária

0
1288

Espaço pretende imprimir uma nova dinâmica à programação, mais diversificada e com o objectivo de conquistar novos públicos.

É com uma Noite Branca que o Café Concerto se despede do Verão, não fosse aquela a cor por excelência da estação. O evento está agendado para dia 25, a partir das 23h00, na mesma data em que os Jafumega dão um concerto no Teatro-Cine de Pombal. Uma forma de “tentar aproveitar o facto de o público se deslocar àquele edifício e prolongar a noite com algo diferente”, explica a administração da PMUGEST, empresa municipal que tem sob a sua alçada a gestão daquele espaço.

Mas os objectivos associados à Noite Branca vão mais longe. O evento assume também um cariz solidário, tendo como ‘alvo’ os Bombeiros Voluntários de Pombal. Dos cinco euros de entrada (onde já está incluído um refrigerante), um deles reverte a favor dos soldados da paz. “Tentou-se fazer uma noite diferente, aproveitando o que se tem de melhor no nosso concelho, e conjugando-a com o apoio solidário aos nossos bombeiros”, referem os responsáveis da PMUGEST. Além disso, “o ambiente e decoração do Café Concerto vão ser adaptados a este tipo de evento, como não poderia deixar de ser”.

O importante papel da instituição humanitária foi o ponto de partida para a escolha. “A população necessita diariamente desta instituição, mas no Verão, com o drama dos fogos, precisa ainda mais”, esclarece a administração da empresa municipal. “Se pudermos associar a este tipo de eventos estas acções de solidariedade, torna-se mais fácil ajudar”, sublinha.

Contudo, a iniciativa prevista para dia 25 poderá não ser caso único e assumir-se, até, como ponto de partida para outras mais. A PMUGEST admite a possibilidade de voltar a realizar eventos similares, nomeadamente em dias de concertos, “sempre que der para conciliar os dois ambientes”.

A esta estratégia não é indiferente a vontade de imprimir uma nova dinâmica ao local. “Sendo o Café Concerto um espaço que tem uma envolvência única na nossa cidade e mesmo no nosso concelho, vamos tentar que se torne o palco de todas as vertentes artísticas, desde a música ao teatro, passando por todas as formas de expressão artística existentes na nossa comunidade. Esperamos conseguir que seja o palco de todos e para todos”, revela a administração.

Até agora voltado sobretudo para a actuação de bandas, deverá alargar horizontes, procurando conquistar novos públicos. “O Café Concerto tem muito mais para dar que as simples actuações de bandas, porque só assim é que se consegue chegar a todo o tipo de público”, frisa a entidade gestora do espaço. No entanto, e para isso, “também é muito importante envolver todos os projectos artísticos que temos na nossa comunidade para que todos se sintam parte desta casa”, remata a administração.

O espaço tem um novo horário, mais alargado, que se irá manter ao longo de todo o ano. De terça a quinta e ainda ao domingo, o Café Concerto abre às 14h00 e encerra à meia-noite. Às sextas e sábados abre portas às 14h00 e fecha às 02h00 da madrugada.

Para participar na Noite Branca é necessário adquirir uma pulseira que estará à venda a partir de sexta-feira, dia 17, no Café Concerto, Cafetaria do Castelo, PMUGEST e Cardal Hotel.