Pombal integra Rota dos Templários Portugal

0
618

O Município de Pombal aderiu à Rota dos Templários Portugal, a qual tem como objectivo dinamizar, valorizar e promover turisticamente a temática templária. A adesão foi formalizada no decorrer da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), onde o concelho teve, pela primeira vez, um espaço próprio onde promoveu a oferta turística do território.

A Rota dos Templários engloba um conjunto de entidades, nomeadamente o Turismo de Portugal, o Turismo do Porto e Norte de Portugal, o Turismo do Centro de Portugal, o Turismo do Alentejo e Ribatejo, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, bem como os municípios de Arronches, Castelo Branco, Ferreira do Zêzere, Mogadouro, Nisa, Pombal, Sabugal, Soure, Tomar, Vila Nova de Barquinha e Vila Velha de Ródão.

Estas entidades, que formalizaram agora a integração na Rota com a assinatura de um protocolo de colaboração, têm em comum o facto de disporem de um legado material e imaterial associado à presença da Ordem dos Templários em Portugal. Por esse motivo estão “empenhadas em desenvolver um trabalho de rede para estruturação e divulgação dessa oferta turística-cultural”, destaca uma nota da Câmara de Pombal.

Os aderentes à Rota consideram “fundamental valorizar este património, melhorando a experiência de visitação dos monumentos e recursos templários emblemáticos, através de experiências diferenciadoras, inclusivas e imersivas, nomeadamente com recurso às novas tecnologias, de modo a captar a procura turística nacional e internacional”, adianta a autarquia.

De acordo com o respectivo protocolo de colaboração, os municípios comprometem-se a participar no desenvolvimento das acções comuns de dinamização da Rota dos Templários Portugal, que será coordenada pelo Município de Tomar, na qualidade de membro fundador da Federação Europeia da Rota dos Templários.

É, ainda, missão dos municípios parceiros colaborar na partilha de informação e conteúdos relevantes para a concretização das acções a realizar, colaborar na melhoria das condições de acessibilidade e visitação dos sítios templários nos respectivos territórios, estimular a capacitação dos recursos humanos aos recursos templários da Rota e aplicar a identidade gráfica, mantendo o alinhamento dos conteúdos na comunicação da Rota.

De referir que ao longo dos cinco dias da BTL, o município divulgou os principais pontos turísticos do território e os eventos culturais mais relevantes previstos realizar este ano, apresentando, aos milhares de visitantes que passaram pelo stand de Pombal, o concelho como “terra de encanto e beleza”.

Além disso, a oportunidade igualmente aproveitada para apresentar alguns dos produtos endógenos do território, inclusivamente através de sessões de showcooking, a cargo do chef Flávio Silva, natural da freguesia de Meirinhas.

A promoção do concelho incluiu ainda momentos de animação cénica alusiva ao período pombalino.