“Temos de estar orgulhosamente juntos”

0
646

O património e a identidade foram o mote do II Congresso da Rede de Castelos e Muralhas do Mondego (RCMM), que se realizou em Pombal nos dias 7 e 8 de Outubro. Como conclusão, a certeza de que o trabalho em rede potencia a promoção dos valores patrimoniais.

No que respeita concretamente ao do trabalho da rede, se a primeira fase passou pela recuperação do património arquitectónico medieval, este ano foram experienciadas várias iniciativas com vista à sua dinamização.

No encerramento do congresso, o presidente da Agência para o Desenvolvimento dos Castelos e Muralhas Medievais do Mondego, Luís Matias, firmou a necessidade de integrar mais pessoas neste trabalho e de olhar para as coisas numa perspectiva diferente. “Temos de estar orgulhosamente juntos”, defendeu, num trabalho em que seja possível conciliar o racional com o emotivo.

Leia a notícia completa na edição impressa nº 42