Homicida de Boieiros afirma não ter conhecido irmão e cunhada

0
1428

Joaquim dos Santos Gomes é natural de Boieiros, na Mata Mourisca, e está a ser julgado pelo homicídio do irmão e da cunhada, com três tiros de caçadeira, ao final da tarde do dia 5 de Setembro de 2012.

A acusação indica que o arguido actuou “de forma livre, voluntária e consciente, por uma mera questão de limpeza de um terreno”, todavia, não ficaram provados os motivos que o levaram a pegar na caçadeira carregada que tinha no quarto e a atirar contra os familiares. A versão que Joaquim Gomes apresentou em tribunal vai no sentido de não ter identificado as pessoas que entraram em sua casa, tendo disparado sem saber quem eram, e na sequência do medo provocado por uns “barulhos” que ouviu.

Leia mais na edição impressa.