Suspeitas de corrupção levam Judiciária ao Louriçal

0
1138

Alguns colégios do Grupo GPS foram esta terça-feira alvo de buscas pela Polícia Judiciária (PJ). Além da sede, no Louriçal, os investigadores da Unidade de Combate à Corrupção da PJ efectuaram também buscas nos colégios de Mafra e Caldas da Rainha. Fonte ligada à PJ disse à agência Lusa que a operação foi desencadeada no âmbito de um processo-crime aberto pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa. Em causa está a alegada apropriação ilícita de verbas transferidas pelo Estado ao abrigo dos contratos de associação celebrados com estabelecimentos de ensino particular e cooperativo.

Leia mais na edição impressa.