Jorge Claro apresenta hoje candidatura à Câmara

0
1125
Jorge Claro é o candidato do PS

Depois dos independentes Narciso Mota e Amílcar Malho, agora será a vez de Jorge Claro, também independente, mas apoiado pelo Partido Socialista, apresentar a sua candidatura à presidência da Câmara de Pombal, nas Autárquicas de 1 de Outubro.
Tal como fizeram os restantes candidatos, também Jorge Claro escolheu o auditório da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Pombal para se apresentar como candidato à autarquia, onde, desde 2013, tem sido Vereador da oposição. A sessão pública está agendada para as 18h30.
Com 62 anos, Jorge Santos Claro, natural da localidade dos Mendes (Pombal) é Engenheiro Técnico Agrário e mais tarde licenciou-se em Engenharia Alimentar. Foi fundador e director da Rádio Cardal, presidente da Cercipom, secretário-geral das festas do bodo, director da União das Cooperativas, consultor da Lacticoop e administrador do Mercado Abastecedor de Coimbra. Com a criação da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) é transferido para o Ministério da Economia exercendo o cargo de inspector, integrando a brigada especializada em indústrias alimentares. Aposenta-se em inícios de 2013.

Partilhar
Artigo anterior“Temos muito talento nesta cidade e precisamos de o ‘adubar’ para dar os seus rebentos”
Próximo artigoCâmara abre as portas para comemorar revolução

Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.