Ti Milha: A edição deste ano está cancelada

0
203

Para a maior parte dos festivaleiros a notícia foi recebida com alguma tristeza, afinal, todos os festivais de Verão estão cancelados até ao final de Setembro, depois do Conselho de Ministros de 6 de Maio, o Governo ter decidido proibir a realização de festivais de música este Verão.

Desta forma, também um dos eventos mais bonitos da região acabou por ser anulado das agendas pombalenses, que aguardavam os dias 17, 18 e 19 de Julho para rumar à Ilha e assistir a concertos, participar em workshops e rever amigos no festival organizado pela Associação Recreativa Cultural de Promoção Social (ARCUPS), o Ti Milha.
Ainda antes da proibição por parte do governo central, já os membros da organização do Ti Milha havia adiantada esta decisão: “Os dias 17, 18 e 19 de julho estavam há muito reservadas para o Ti Milha”, avança a estrutura, enquanto explica que “estivemos a preparar esta edição com muito carinho e dedicação para que todos os que fossem ao parque de lazer nestes dias, se sentissem integrados em algo que é maior do que o espaço físico que nos une todos os anos”, contudo, e “tendo em conta a situação actual que vivemos, a edição deste ano será cancelada”, por acreditarem que “não estão reunidas as condições que são necessárias para que o nosso festival aconteça, especialmente as que dizem respeito à Saúde Pública”.
Para a organização do Ti Milha, “é altura de todos continuarmos a fazer a nossa parte, como indivíduos e sociedade para que possamos, o mais rapidamente possível, voltar a celebrar as artes e aos artistas por detrás delas” e assegura: “Vemo-nos em breve!”, ressalvando a realização de outros eventos, para um futuro próximo, e assim que as condições estejam reunidas.
Fonte junto da organização declara que “tendo em conta que o cartaz para a edição deste ano ainda não tinha sido revelado, os membros da direcção vão optar por manter essa informação confidencial, uma vez que estão a ser desenvolvidos contactos com os artistas em questão, no sentido de realizarem os seus espectáculos na próxima edição do Ti Milha”, garante.

*Notícia publicada na edição impressa de 14 de Maio