Tabernas da Mata Mourisca promovem gastronomia e cultura local

0
355

O Largo da Igreja Paroquial da Mata Mourisca volta a receber, entre os dias 28 e 30 de Junho, as Tabernas da Mata Mourisca. Esta é a quinta edição de uma iniciativa que se realiza com o objectivo de cativar o público pela gastronomia e tradição local.

Prestes a arrancar com a quinta edição, as “Tabernas da Mata Mourisca” dispensam apresentação. Para os mais distraídos o evento proporciona três dias de festa, onde o principal objectivo é “promover as raízes e cultura local”, através da dinamização de várias actividades, garante José Cavaleiro, da organização enquanto explica que apesar da tradição, o desejo de “promover e a divulgar o que de melhor se faz na nossa terra a nível gastronómico, artesanal, cultural, social e musical” continua o mesmo.
Este ano a organização, formada por vários membros das associações locais, decidiu manter o registo de actividades a que já habitou o público, no entanto o responsável assume que “existe um reforço nas actividades já existentes”, e dá como exemplo o 2.º Torneio de Futebol Juvenil, que se realiza na manhã de sábado (29), e que “na primeira edição contou apenas duas equipas inscritas, e este ano já tem seis grupos inscritos”, explica.
De forma a apostar numa programação cada vez mais ampla e variada, que “possa chegar a diferentes públicos, de diferentes faixas etárias”, e se na tarde de sábado e de domingo as actividades são voltadas para os visitantes com uma faixa etária mais avançada, as noites de sexta-feira e de sábado querem corresponder aos anseios de diversão dos mais jovens.
Nomes Grupo Arkadia, Dj Tiago M, Emanuel Moura, Dj Menasso, Graciano Ricardo vão passar pela Mata Mourisca e prometem aquecer ainda mais as noites quentes de Verão, mas durante o dia também há muito para ver… e fazer! Os visitantes podem degustar pratos típicos da região, como o galo da cabidela, ou o leitão de churrasco, podem participar na quermesse de animais, onde é possível ganhar gatinhos, vitelos, porcos, coelhos ou animais caprinos, e devem visitar a exposição pecuária, única no concelho, “ e muito provavelmente no distrito” ou participar no Festival de Folclore, na Festa dos Manjericos, ou apreciar as Marchas Populares, que saem à rua na noite de domingo.
E se inicialmente a quermesse começou como uma experiência, actualmente é uma “das grandes atracções” do certame. José Cavaleiro revela que esta é uma “das vertentes das Tabernas que mais tem crescido”, e que mais curiosos trás ao evento. “Os animais são doados pela população” e “há grupos de pessoas, vindos de fora que chegam à Mata Mourisca só para conhecer a nossa quermesse”, e ver o que a sorte lhes dita. Segundo o responsável, “temos cerca de um milhar de animais para sortear”.
À semelhança do que tem vindo a acontecer, o salão paroquial também vai receber uma exposição de artesanato, que tem como principal objectivo mostrar o que existe na Mata Mourisca ou é feito por pessoas daí naturais, tendo ainda espaço para a exposição de empresas. Afinal “procurámos mostrar o que existe na Mata Mourisca”, justifica.
Para além dos momentos de animação, onde ainda falta referir o Festival de Folclore, que se realiza ao final da tarde de sábado, 29 de Junho, ou o desfile e actuação de Marchas Populares, “que costuma ser um dos pontos altos”, com data marcada para o início da noite de domingo (30). O orçamento previsto para a realização do evento “ronda os 20 mil euros”, sendo que a União de Freguesias de Guia, Ilha e Mata Mourisca apoia este investimento. Se a ideia é passar um fim-de-semana diferente, a sugestão é só uma: visitar as “Tabernas da Mata Mourisca”.