StartUp Pombal vai premiar novas ideias de negócio

0
374

“O empreendedorismo permite fazer evoluir o mercado, criar postos de trabalho e renovar o nosso tecido económico”. Quem o diz é Isabel Marto, vice-presidente da Câmara Municipal, cuja entidade é parceira do StartUp Pombal – Prémio Local de Incentivo ao Empreendedorismo, que pretende estimular o aparecimento de novas ideias de negócio. As candidaturas estão abertas até 3 de Junho e destinam-se a residentes, trabalhadores e estudantes no concelho de Pombal.
O StartUp Pombal pretende “estimular o empreendedorismo, o surgimento de novas ideias e a criação do próprio emprego”, explicou a presidente da Junta de Pombal, Carla Longo, convicta de que “o empreendedorismo é essencial para o desenvolvimento e competitividade de cada território, não só no sentido da inovação, mas também para podermos criar postos de trabalho, que queremos cada vez mais qualificados para atrair mais população a fixar-se no nosso território”.
Por isso, “torna-se cada vez mais urgente apostar em projectos e modelos de negócios inovadores, que visem o desenvolvimento económico e social do nosso concelho”, assinalou a presidente da Associação de Pais e Educadores para a Infância (APEPI), Teresa Silva, defendendo que “é preciso sensibilizar os jovens para desenvolverem [esses] projectos inovadores”.
É precisamente esse o objectivo do StartUp Pombal, que nesta segunda edição “aumentou a rede de parceiros” e apresenta duas categorias, mais uma que em 2021. A primeira destina-se a estudantes com menos de 23 anos e a segunda para não-estudantes ou estudantes com mais de 23 anos, revelou Carla Longo, alegando que “a maturidade em termos de idade pode ser factor diferenciador”.

Teresa Silva, Carla Longo, Isabel Marto e Rita Mota

As candidaturas devem ser submetidas até 3 de Junho, podendo concorrer, a título individual ou em grupo (até quatro participantes), residentes ou cidadãos com domicílio profissional ou matriculados nos estabelecimentos de ensino do concelho.
A partir de 7 de Junho são divulgadas as 10 ideias de negócio que passam a fase seguinte, onde os candidatos poderão aperfeiçoar a ideia de negócio com o apoio da StartUp Leiria, bem como participar numa acção de marketing e noutra de estratégias de comunicação e numa simulação de pitch.
No final, o vencedor de cada categoria ganha um período de aceleração gratuito de três meses na StartUp Leiria e um prémio monetário de 300 euros. Já os segundos classificados têm direito a um período de aceleração de três meses na StartUp Leiria com desconto de 50%. Além disso, os quatro premiados podem ainda beneficiar de uma reportagem de divulgação nos meios de comunicação locais e regionais.

Carina Gonçalves | Jornalista

*Notícia publicada na edição impressa de 19 de Maio