No ano em que comemora o seu primeiro aniversário, o Pombal Jornal lança o seu site

0
1631

É pela firme consciência de que sem os nossos leitores não teríamos crescido de uma forma consistente que decidimos alargar os nossos serviços a novas plataformas. Enquanto órgão de comunicação social, não poderíamos ficar indiferentes à era que atravessamos e ignorar o enorme peso que as inovações tecnológicas associadas à presença na Internet têm no quotidiano das sociedades actuais. Para fomentar a proximidade com quem participa activamente neste processo de crescimento, em primeiro lugar, avançámos com a criação da nossa página de Facebook e terminámos 2013 com mais de mil seguidores. Agora é tempo de expandir a nossa acção, proporcionando mais e melhor a quem faz de nós o que somos. O objectivo é chegar mais longe e tornar este projecto em algo de que todos os pombalenses se orgulhem.

Em 1996, 39 jornais portugueses marcavam presença na Internet e actualmente, não se podem contar os meios nacionais presentes na web. Estar à distância de um clique, seja no portátil, no tablet ou no smartphone não é apenas um capricho, é algo necessário e útil. Nós acreditamos que os pombalenses merecem ter as notícias da sua terra ao seu dispor quando e onde quiserem.

Contudo, o Pombal Jornal não é apenas um jornal, é também uma empresa com encargos. Com os tempos difíceis que o país vive, este é um processo que queremos construir cautelosamente com os nossos leitores, à semelhança do que vem acontecendo com a nossa edição impressa. É por isso que numa primeira fase, os conteúdos disponibilizados online serão os mesmos que se publicam na versão tradicional, na sua maioria em versão reduzida. Ainda com um grau moderado de interacção, contamos com o contributo dos nossos leitores, através de críticas e sugestões.

Com o passar do tempo, esperamos aproveitar todas as potencialidades inerentes a esta plataforma, para que o nosso site se torne num espaço mais denso, profundo e repleto de conteúdos exclusivos da edição online, tirando máximo partido da componente multimédia subjacente ao uso deste meio de infinitas possibilidades que é a Internet. Queremos enriquecer a narrativa jornalística com todos os recursos possíveis: imagem, som, animação, infografias, interactividade. Vamos crescer juntos, como temos feito até aqui.