Sidónio Santos é o candidato do CDS-PP à Câmara de Pombal

0
5251
Sidónio Santos é economista e tem 37 anos
Sidónio santos é actualmente Director Regional Adjunto da Agricultura e Pescas do Centro

Sem surpresas, o CDS-PP anunciou, ontem, a candidatura de Sidónio Santos à Câmara Municipal de Pombal, sob o lema “Pombal Vale a Pena”.
Através de comunicado, o partido refere que o nome do actual Director Regional Adjunto da Agricultura e Pescas do Centro foi aprovado pela Comissão Política Nacional, depois de já ter sido votado “unanimemente” pela Concelhia de Pombal, do qual é presidente.
Sidónio Santos “é a pessoa que melhor personifica o presente e o futuro deste projecto político no concelho de Pombal, que se pretende que seja ganhador nas eleições autárquicas deste ano”, refere o mesmo comunicado, acrescentando que é, também, “a pessoa certa para recolocar o concelho na trajectória do crescimento económico através da captação de investimento privado, na criação de emprego qualificado e na valorização das pessoas e do nosso território”. Para a Concelhia do CDS-PP, esta “é uma candidatura diferenciadora, mobilizadora, inclusiva, de e para todos os pombalenses.”
Natural da localidade do Pinheirinho, Sidónio Santos é economista e tem 37 anos. Membro da Assembleia de Freguesia de Pombal, “possui um trajecto profissional de 14 Anos, ligado ao sector privado, público e cooperativo. Iniciou a sua vida profissional na Caixa de Crédito Agrícola Mutuo de Pombal, entre 2003 a 2006, passando pela Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua, nomeadamente pela GARVAL e AGROGARANTE, de 2006 a 2010. Em 2011, assumiu funções no Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas em Lisboa, transitando para a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro em 2012, onde actualmente exerce um cargo de direcção”, informa o partido.
A nível associativo, foi um dos fundadores e o primeiro presidente da direcção da Associação Juvenil “União 21”, que é a detentora do jornal “O Pinheirinho” e possui uma equipa de futsal feminina nos campeonatos da Associação de Futebol de Leiria. Foi jogador de futebol 11 federado na União Matamourisquense e capitão da equipa que ganhou a Taça e Supertaça do último campeonato de Futebol 7 amador, realizado em Pombal.
Sidónio Santos é o sétimo a anunciar a sua candidatura à Câmara de Pombal, depois de Narciso Mota (independente), Jorge Claro (PS), Amílcar Malho (independente), Diogo Mateus (PSD), Fernando Domingues (CDU) e Gonçalo Pessa (BE).

Partilhar
Artigo anteriorRENDALÍSSIMA | Os meus clientes não têm mau gosto
Próximo artigoHAPPY HOUR | As bebidas são de borla!
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal”, quinzenário com o qual deixou de colaborar no final de Maio de 2020.