Sidónio Santos é o candidato do CDS-PP à Câmara de Pombal

0
4852
Sidónio Santos é economista e tem 37 anos
Sidónio santos é actualmente Director Regional Adjunto da Agricultura e Pescas do Centro

Sem surpresas, o CDS-PP anunciou, ontem, a candidatura de Sidónio Santos à Câmara Municipal de Pombal, sob o lema “Pombal Vale a Pena”.
Através de comunicado, o partido refere que o nome do actual Director Regional Adjunto da Agricultura e Pescas do Centro foi aprovado pela Comissão Política Nacional, depois de já ter sido votado “unanimemente” pela Concelhia de Pombal, do qual é presidente.
Sidónio Santos “é a pessoa que melhor personifica o presente e o futuro deste projecto político no concelho de Pombal, que se pretende que seja ganhador nas eleições autárquicas deste ano”, refere o mesmo comunicado, acrescentando que é, também, “a pessoa certa para recolocar o concelho na trajectória do crescimento económico através da captação de investimento privado, na criação de emprego qualificado e na valorização das pessoas e do nosso território”. Para a Concelhia do CDS-PP, esta “é uma candidatura diferenciadora, mobilizadora, inclusiva, de e para todos os pombalenses.”
Natural da localidade do Pinheirinho, Sidónio Santos é economista e tem 37 anos. Membro da Assembleia de Freguesia de Pombal, “possui um trajecto profissional de 14 Anos, ligado ao sector privado, público e cooperativo. Iniciou a sua vida profissional na Caixa de Crédito Agrícola Mutuo de Pombal, entre 2003 a 2006, passando pela Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua, nomeadamente pela GARVAL e AGROGARANTE, de 2006 a 2010. Em 2011, assumiu funções no Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas em Lisboa, transitando para a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro em 2012, onde actualmente exerce um cargo de direcção”, informa o partido.
A nível associativo, foi um dos fundadores e o primeiro presidente da direcção da Associação Juvenil “União 21”, que é a detentora do jornal “O Pinheirinho” e possui uma equipa de futsal feminina nos campeonatos da Associação de Futebol de Leiria. Foi jogador de futebol 11 federado na União Matamourisquense e capitão da equipa que ganhou a Taça e Supertaça do último campeonato de Futebol 7 amador, realizado em Pombal.
Sidónio Santos é o sétimo a anunciar a sua candidatura à Câmara de Pombal, depois de Narciso Mota (independente), Jorge Claro (PS), Amílcar Malho (independente), Diogo Mateus (PSD), Fernando Domingues (CDU) e Gonçalo Pessa (BE).

Partilhar
Artigo anteriorRENDALÍSSIMA | Os meus clientes não têm mau gosto
Próximo artigoExpo Fago de portas abertas até domingo
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal”, quinzenário com o qual deixou de colaborar no final de Maio de 2020.