RENDALÍSSIMA | MÁSCARAS – necessidade & tendência

0
609


Se à meia-noite de 31 de Dezembro de 2019 me tivessem contado que além de necessárias, as máscaras se tornariam num elemento de Moda, provavelmente teria rido e continuado a brindar ao ano maravilhoso e pronto a estrear que acreditava estar a chegar. 2020 tem sido surpreendente a todos os níveis e nem a forma como nos apresentamos é excepção: foi um piscar de olhos até que tapar a boca e o nariz com uma máscara deixasse de ser um acto exclusivamente funcional e inerente à saúde pública. A criatividade não tem limites e o estilo também não, razões para que não demorasse até que contássemos com mais um componente de expressão de personalidade para todos aqueles que queiram transformar uma tragédia num sorriso escondido.
As possibilidades são infinitas e importa destacar o cariz ecológico das máscaras reutilizáveis. É delas o Rendalíssima de hoje, que volta ao site do Pombal Jornal num momento em que as temperaturas ajudam a que não seja tão incómodo usá-las.

 


As mais discretas e, por isso mesmo, mais elegantes, são aquelas cuja cor mais se aproxima do nosso tom de pele. Não chamam a atenção nem se destacam, pelo que podem ser conciliadas com qualquer outro tom. Já existem marcas que as confeccionam em múltiplas tonalidades para que toda a gente encontre a sua máscara nude.

 


Já que se impuseram enquanto acessórios indispensáveis, porque não acrescentar algum brilho para trazer luz ao olhar (que mais que nunca, está em evidência)? Para lá da utilidade de uma corrente como as que usamos nos óculos para que fiquem pontualmente pendurados ao pescoço, a delicadeza de um elemento dourado ou de pérolas traduz-se sempre em sofisticação imediata. A @b_ditashop é uma marca portuguesa, com presença no Instagram, que produz máscaras com correntes em aço inoxidável.

 


Se o brilho for uma preferência, não há como resistir a uma máscara de lantejoulas num dia banal em que o outfit é neutro, monocromático ou aborrecido. Eis uma forma simples de elevar o look com o novo acessório do momento! Em ocasiões festivas (que mesmo com restrições podem continuar a existir respeitando as devidas condicionantes), vale tudo.

 


Os modelos mais versáteis são, indubitavelmente, os lisos. Tal como acontece em todo o tipo de vestuário, as peças sem padrão permitem uma maior rentabilização por não exigirem grande esforço mental, ao contrário do que acontece com as estampadas. As máscaras em cores sólidas são perfeitas para um pendant clássico, para complementar looks monocromáticos ou para criar um apontamento de cor num outfit monótono. Uma forma divertida de tirar partido desta peça consiste em combiná-la com outros elementos que esteja a usar: com os sapatos, com a carteira, com o verniz das unhas, com as meias ou com a gravata. Esse pequeno detalhe trará coesão ao impacto visual e ainda adicionará uma aura de brio e de cuidado consigo mesmo.

 


Para aqueles que não querem perder a oportunidade de fazer um statement, os prints são a chave: em contraste ou em plena harmonia com os restantes elementos do coordenado, eles são sinónimo de criatividade, exuberância e de personalidade vincada. Em looks mais ou menos divertidos, mais ou menos clássicos, atreva-se a usar a sua máscara com padrão: para os mais tímidos, sempre com peças lisas.

 


Para os mais arrojados, arriscamos com outras peças estampadas. Se for iniciante nestas andanças, existe um modo simples para não falhar quando o assunto é conjugação de prints: padrões iguais com cores diferentes e padrões diferentes com cores iguais. Simplificando, basta que experimente usar duas peças de bolinhas com cores invertidas, no mesmo coordenado, por exemplo (padrões iguais, cores diferentes). No dia seguinte, conjugue uma peça de riscas com outra floral e garanta que ambas integram os mesmos tons (padrões diferentes, cores iguais). À medida que se for sentindo confortável, passará a sentir-se capaz de jogar com escalas, simetrias e outras características de peças que não sejam lisas.

 


Dizem que depois se entranha, contudo, somos muitos a não gostar de usar máscara. Sentimo-nos escondidos, vedados, censurados, presos, desconfortáveis. Infelizmente, não há como contornar: ao usá-la, protegemo-nos e aos outros também. Trata-se de uma obrigação moral e de uma responsabilidade cívica. Importa portanto frisar que existe já em Portugal quem produza máscaras que não escondem sorrisos e seria uma irresponsabilidade não mencionar aqui algo tão importante para a inclusão de quem precisa de ler os lábios do outro para perceber o que se diz. A @listentomylips_masks produz máscaras reutilizáveis com janela transparente para possibilitar a leitura labial. Está no Instagram, como tudo, nesta era.

Com máscaras mais ou menos excêntricas, o importante é saber transformar as contrariedades em algo positivo… e sentirmo-nos bem (mesmo que de boca tapada) é um bom motivo para apostar numa pequena vaidade.

 

Ana Rendall Tomaz
anarendalltomaz@gmail.com
https://www.anarendalltomaz.com/

Partilhar
Artigo anteriorPaços do Concelho, castelo, biblioteca e Casa Varela iluminados a azul
Próximo artigoCARTAS POMBALINAS | Contra a corrupção, firmeza e determinação!
Depois de se dedicar ao Jornalismo, decidiu aprofundar os seus conhecimentos numa vertente menos explorada ao longo da sua formação académica, a comunicação não-verbal. Após uma especialização em Lisboa em Consultoria de Imagem, lançou-se a título pessoal na área da Moda e assume-se em 2018 como a primeira Fashion Therapist do país. Já foi contratada pelo grupo Sonae para realizar serviços de Personal Shopping aos seus clientes, marca presença na Vogue Fashion's Night Out, trabalhou no grupo Creative Concept como responsável pela gestão dos cursos leccionados e pelo departamento de Comunicação da Creative Academy e exerce funções enquanto Social Media Manager de eventos de Moda. Trabalha de perto com grandes marcas de luxo internacionais sediadas na Avenida da Liberdade e com designers portugueses vocacionados para noivas. Em Pombal tem uma parceria com a Quinta da Concha porque apesar de se mover na capital, tem especial gosto pelo trabalho com clientes da zona centro. Contactos: anarendalltomaz@gmail.com || https://www.anarendalltomaz.com/