Pombalenses vão oferecer ambulâncias ao povo da Guiné-Bissau

0
1405

Trinta pessoas partem amanhã de Pombal em 13 viaturas, incluindo seis ambulâncias, que vão doar, juntamente com outros bens, a diversas organizações não-governamentais (ONG) da Guiné-Bissau, disse hoje ontem à agência Lusa um dos organizadores.

Hélder Costa, empresário do ramo automóvel do concelho de Pombal, explicou que a decisão de levar apoio para aquele país africano surgiu na sequência de um passeio de um grupo de amigos. “Na segunda viagem deste grupo, em 2014, foi entregue ajuda humanitária, entre material hospitalar e escolar, roupa e 11 viaturas, incluindo uma ambulância”, referiu Hélder Costa que, com outro empresário, Miguel Costa, organiza a iniciativa, salientando que este ano a viagem repete-se, mas “com mais quantidade de ambulâncias”. Segundo o responsável, “há necessidade na Guiné-Bissau deste tipo de veículos”, referindo que as seis ambulâncias que vão para este país foram doadas. “Fizemos a sua recuperação, quer em termos mecânicos, quer em termos de interiores, para serem entregues e prontas a usar na Guiné-Bissau”, declarou o empresário à Lusa, adiantando que o grupo leva ainda sete viaturas de seis e nove lugares para deixar às ONG.

Na bagagem, segue também “material escolar, roupa, computadores, material informático e material hospitalar”, sendo que por barco vai um contentor com mais bens para que cerca de uma dezena de ONG locais possa desenvolver o seu trabalho. “A viagem demorará entre nove e dez dias, sendo que no último dia de estadia vamos distribuir as viaturas, e regressamos dia 15 de Maio de avião”, declarou. Hélder Costa acrescentou que foram diversas as entidades, públicas e privadas, e empresas, mas também particulares, que ajudaram a reunir os bens. “Todos precisamos de ajuda e estamos a levar aquilo que cá não serve, mas lá faz milagres”, considerou, salientando que com esta iniciativa “apoiam ONG que estão mais próximas da população”.

A missão humanitária parte na sexta-feira, às 09:00, do Castelo de Pombal. A Missão Guiné 2015 é dinamizada por um grupo de pessoas dos concelhos de Pombal e Porto de Mós em conjunto com a Fundação João XXIII e a Associação de Serviços e Socorro Voluntário de São Jorge.