Pedro Roma troca cargo autárquico pelo futebol no Bahrain

0
1258

Pedro Miguel Roma, que foi eleito nas últimas eleições Autárquicas vogal da Junta de Freguesia de Pombal, abandonou o cargo para assumir um novo desafio profissional no estrangeiro.

O executivo liderado por Pedro Pimpão realçou o “empenho e dedicação” de Pedro Roma

O antigo guarda-redes foi apresentado, no passado domingo, como membro da equipa técnica liderada pelo seleccionador Hélio Sousa, na selecção de futebol do Bahrain, na Ásia.
Para o executivo liderado pelo social-democrata Pedro Pimpão, Pedro Roma cessou funções de vogal “em virtude de uma oportunidade imperdível de desenvolver a sua carreira profissional no estrangeiro”, e salienta o “empenho e dedicação” que o mesmo colocou “no desempenho das funções neste executivo.”
“Pedro Roma deixou uma marca muito positiva na Junta de Freguesia de Pombal, conferindo notoriedade, visibilidade e credibilidade ao executivo, com uma repercussão significativa na valorização deste órgão e desta instituição”, refere, adiantando que “ao longo destes cerca de vinte meses de mandato”, deixou a sua marca em várias iniciativas de índole autárquica.”
Os membros da junta – Pedro Pimpão, Carla Longo, Nelson Pedrosa e Renato Guardado -, destacam “as tertúlias promovidas no âmbito do programa ‘Junta de Portas Abertas’ e que têm permitido a reflexão sobre vários temas de interesse desportivo e que contou já com a participação do presidente do IPDJ, Vítor Pataco, ou da campeã mundial Inês Henriques, entre outras personalidades, sendo que o destaque vai para o brilho da Gala do Desporto onde o Pedro tem assumido um papel central, para não falar do projecto ‘Pombal em Rolamentos’ de índole mais recreativa e que permitiu recuperar uma tradição antiga da nossa terra.”
Para além daqueles projectos, o executivo entende que Pedro Roma “contribuiu de forma decisiva para a coesão do grupo e para a motivação dos nossos colaboradores, tendo sempre uma palavra amiga de incentivo para superarmos em equipa os desafios que se iam colocando.” “O Pedro continuará a ser um de nós e não haverá distância que o consiga separar de um projecto que ele ajudou a construir e que está feito à sua imagem”, frisa, considerando tratar-se de “uma pessoa extraordinária, com um coração do tamanho do mundo e, esteja onde estiver, nunca se esquecerá da sua terra e das suas gentes.”
Com 48 anos de idade, Pedro Roma é licenciado em Ciências do Desporto pela Universidade de Coimbra e pós-graduado em Treino Funcional pela Lusófona (Manz). Iniciou a sua actividade de futebolista ainda muito jovem no Sporting Clube de Pombal, tendo jogado andebol no Núcleo do Desporto Amador de Pombal. Passou posteriormente por clubes de dimensão regional e nacional como a Académica de Coimbra, Naval 1º de Maio, Benfica, Gil Vicente, Famalicão e Braga.
Acabaria por abandonar a carreira de guarda-redes há cerca de dez anos, passando a assumir cargos técnicos na Académica de Coimbra. Mais recentemente, integrava as equipas técnicas na Federação Portuguesa de Futebol.
Pedro Roma é ainda sócio-gerente do Hotel Senhora de Belém, em Pombal, e presidente da direcção da Associação Desportiva Pedro Roma, que fundou em 2005.

Partilhar
Artigo anteriorNDAP junta atletas nas celebrações de aniversário
Próximo artigoRENDALÍSSIMA | FAZER BOA FIGURA sem arruinar o orçamento
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.