Partido Comunista Português celebrou 94 anos

0
1049

A Comissão Concelhia de Pombal do Partido Comunista Português (PCP) organizou um jantar para celebrar os 94 anos de existência do partido, no sábado passado, dia 7, no restaurante “Solar da Pregueira”, localizado no Barrocal.

Além de dar a conhecer as soluções que o partido defende para o país, a ocasião serviu para a concelhia fazer um balanço da acção do partido no concelho de Pombal. O evento foi, também, aproveitado para sublinhar o Dia Internacional da Mulher, dando ênfase aos direitos conquistados há 40 anos e ao facto de estes nem sempre serem respeitados.

Gonçalo Paz, membro da Direcção Regional de Leiria do PCP, Ângelo Alves, da Comissão Política do Comité Central, Jorge Neves, deputado do PCP na Assembleia Municipal de Pombal, e Fernando Botas, membro da Comissão Concelhia de Pombal do PCP, foram alguns dos nomes que marcaram presença no evento.

Em protesto às políticas de direita, Ângelo Alves sublinhou algumas soluções que o projecto de esquerda apresenta para o país. “Uma democracia avançada inspirada nos valores de Abril, parte integrante e constitutiva da luta pelo socialismo”, frisou no seu discurso.

No que se refere às propostas que o PCP tem para Pombal, Mário Martins, membro da Comissão Concelhia do PCP, sublinhou “a luta dos estudantes do Instituto D, João V, com a reactivação da piscina e a conclusão das obras”, “a saudação da luta de todos os jovens das populações afectadas pela exploração de caulinos” e não deixou passar em branco “a saudação aos jovens que constituem a Comissão de Utilizadores do parque radical e a sua luta pela reposição do equipamento da prática desportiva no sítio original”.

No jantar estiverem cerca de 90 pessoas. “Em relação ao ano passado, registámos um número superior em cerca 30 pessoas e a expectativa é para que cada vez tenhamos mais militantes e simpatizantes do partido”, sublinhou Gonçalo Paz.

Ana Isabel Mendes