Município moderniza e aumenta canil e gatil

0
259
DR

O Município de Pombal vai investir mais de 200 mil euros em obras de beneficiação e reparação do Centro de Recolha Animal, dotando-o de condições para poder corresponder às actuais exigências legais. A empreitada foi adjudicada à empresa Major, Santos & Filhos, Lda, com proposta no valor de 210.796,61 euros (acrescido de IVA) e um prazo de execução de 150 dias.
Para além de proporcionar a modernização daquele equipamento, localizado no Casal de Fernão João, na freguesia de Pombal, a empreitada prevê o aumento da capacidade de alojamento das zonas de canil e gatil.
Após a deliberação de adjudicação da empreitada, o presidente da Câmara de Pombal aproveitou a reunião do executivo para tecer alguns comentários às exigências legais, considerando que se trata de uma área onde “manifestamente a autonomia do Poder Local está extremamente constrangida por determinação nacional”.
O autarca referiu que as imposições legais criam, de certa forma, uma desigualdade entre os cuidados prestados com animais e as “pessoas mais débeis”. No seu entender, vive-se um momento em que “é mais importante salvaguardar a vida dos animais do que tratar dos idosos”. No entanto, garantiu que o município “está a cumprir a obrigação e a respeitar aquilo que a lei determina”.

Partilhar
Artigo anteriorCâmara abre novo concurso para requalificar o Jardim das Laranjeiras
Próximo artigoFestival Pombalino recria nomeação de Carvalho e Melo como Marquês
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.