João Paulo Simão vai competir no Mundial de Pista Coberta

0
1692

Aos 54 anos de idade, João Paulo Simão prepara-se para a estreia em campeonatos mundiais de atletismo. O pombalense, que divide o tempo entre o atletismo e a ginástica acrobática, já está inscrito no World Masters Athletics Indoor Championship 2023, que este ano se disputa na cidade polaca de Torun, entre 26 de Março e 1 de Abril.
João Paulo Simão tem treinado na pista coberta instalada no Expocentro, contando com a colaboração do treinador Mário Macedo. Uma parceria agora reactivada, que se iniciou há algumas décadas atrás. Na Polónia, o atleta vai competir no salto em altura, no escalão M50, ou seja, para atletas que têm entre 50 e 54 anos. João Paulo Simão está no limiar da idade nesse escalão, pelo que não quer criar grandes expectativas, até porque, como refere, terá adversários mais jovens e “nesta idade, qualquer ano conta muito”.
Será a sua primeira participação numa competição deste nível e servirá, por certo, para ganhar experiência e, se as lesões não aparecerem, apostar no próximo ano, em que passará a competir no escalão M55, ou seja, com atletas até aos 59 anos. João Paulo Simão está inscrito com a marca de 1,55m, mas tem a convicção de que conseguirá fazer melhor. Até ao fecho desta edição, estavam já inscritos outros 10 atletas, oriundos de oito países, sendo que os que apresentam melhor marca são um italiano e um espanhol, com 1,76m.

João Paulo Simão durante um dos treinos, na pista do Expocentro

O atleta pombalense, que antes de partir para a Polónia vai ainda disputar o Campeonato Nacional de Veteranos em Pista Coberta, no último fim-de-semana de Fevereiro, em Braga, lamenta o facto de ir representar o país mas ter que pagar do seu bolso todas as despesas. A viagem e o alojamento foram organizados pela Federação, mas caberá aos atletas da comitiva portuguesa assegurarem o pagamento. Por agora, estão inscritos 22 atletas portugueses, entre competidores de 88 países. O equipamento que irão utilizar é emprestado pela Federação, tendo que ser devolvido no final da competição.