Ideias Ousadas celebra “Terceira Vaga”

0
296

A Associação Ideias Ousadas regressa à Associação Desportiva e de Acção Cultural da Charneca (ADAC), a 24 de Abril, véspera do feriado que celebra a liberdade, e que dá o mote para “diversos apontamentos” artísticos que se vão fazer notar durante a “Terceira Vaga “Primeiro Sê Livre; Depois Pede A Liberdade”, um evento que no fundo é um encontro de artistas, que lhes permite “criar uma rede de contactos, tanto a nível pessoal como profissional”, e que tem como propósito fundamental “promover o relacionamento entre artistas”. O evento junta vários artistas da cidade, do concelho, e até do distrito, numa mostra da “arte que fazem”, releva a organização.
“O 25 de Abril português inaugurou a Terceira Vaga de democratização mundial, durante a qual mais de cinquenta países transitaram de regimes autoritários, de direita ou de esquerda, para democracias constitucionais”, explica Toninho Varela, da Comissão de Organização do evento.
Para já, sabe-se que durante o evento vai contar “com diversos tipos de artes performativas”. Os espectáculos “interligam-se, num só”, na tentativa “reduzir os tempos mortos”. Uma das grandes atracções é “uma instalação multimédia”, feita “por um pombalense”. O evento arranja pelas 23h00, e “é importante que os visitantes cheguem cedo, para “ter oportunidade de conviver com os artistas, matar a curiosidade”, e para que não percam nada do espectáculo, que conta com apresentações, performances e concertos de Carlos Gonçalves, Projecto Erva-Doce, Ahkorda, Acesso de Raiva, e Collapsus, entre outros. A entrada tem um custo de “cinco liberdades” e a organização avança que “há caldo verde e chouriço assado”.