Humor no feminino apoia Casa Abrigo Teresa Morais

0
457

Se ainda há a ideia de que o humor é um mundo masculino, cinco mulheres sobem ao palco o Teatro-Cine de Pombal, a 23 de Fevereiro, para mostrar que o stand up comedy não só se faz no feminino, como ainda pode ser solidário: parte das receitas de bilheteira revertem a favor da Casa Abrigo Teresa Morais, da APEPI.

Catarina Matos, a portuense Joana Santos, Filipa Mota, a pombalense Rita Leitão e Sofia Bernardo, sobem ao palco do Teatro-Cine de Pombal para uma noite de Stand Up Comedy solidária

A Galeria Cabaret, sediada em Abiul, em parceria com a Freguesia de Pombal e a APEPI, e com o apoio do Município de Pombal, está a organizar um espectáculo de Stand Up Comedy, “Por Elas”, que junta em palco cinco mulheres – o que já por si demonstra que o humor não é um espaço exclusivamente feito por homens -, mas que também tem uma forte componente solidária, uma vez que parte das receitas angariadas com a bilheteira revertem a favor da Casa Abrigo Teresa Morais, da APEPI. O evento realiza-se a 23 de Fevereiro, no Teatro-Cine de Pombal.
É “uma noite feita por elas e “Por elas””, conta Rita Leitão, em representação da Galeria Cabaret, afinal “num altura em que a violência doméstica contra mulheres está tão presente, com casos tão marcantes, quase diariamente, uma noite só com mulheres em palco só poderia reverter para uma entidade como a Casa Abrigo Teresa Morais que visa melhorar a qualidade de vida das suas utentes e, na maior parte dos casos, dar-lhes uma nova vida”.
A ideia surgiu por parte da Galeria Cabaret, que “tem vindo a organizar, há 10 meses, noites de Stand Up Comedy”, e onde se notou “a prevalência de comediantes homens entre os convidados”, no entanto, sendo que a comediante “da casa” é mulher, “achámos que seria interessante trazer a Pombal um espectáculo diferente, que juntasse no palco cinco comediantes femininas” e assim “divulgar o seu talento”.
Inicialmente “sabíamos que seria difícil organizar um evento destes sozinhos”, assumem, “e foi aí que procurámos a Junta de Freguesia de Pombal, com um intuito de estabelecer uma parceria”, a ideia, que “ainda era um esboço, foi muito bem recebida: Mulheres unidas a fazer algo por outras mulheres”, garante a representante. O apoio do Município “também foi bastante preponderante, em termos logísticos, para que pudéssemos levar esta iniciativa avante”, assegura, e “todas as comediantes convidadas aceitaram o desafio sem hesitar”.
“Ainda não há muitas mulheres a fazer Stand Up em Portugal, no entanto, há algumas que já fazem há imenso tempo e não têm a projecção merecida”, lamenta a humorista, enquanto explica que “ainda se sente algum estigma em relação às mulheres na comédia”, assim, “este evento também pretende demonstrar isso mesmo – há mulheres a dar cartas no humor em Portugal”. Para este evento a Galeria Cabaret convidou Catarina Matos, a primeira humorista portuguesa a fazer stand up comedy no canal Comedy Central, Sofia Bernardo, atriz, stand up comedian e criadora de espectáculos de teatro, a portuense Joana Santos, “uma promessa do humor nacional que dúvida muito que o prometido seja devido”, Filipa Mota, de 28 anos, e a pombalense Rita Leitão.
A noite promete ser de intenso divertimento, e a organização “gostava muito de encher a sala do Teatro-Cine” por uma causa solidária. O bilhete tem o valor de seis euros e as reservas podem ser feitas por correio electrónico ou telefonicamente, através dos contactos teatrocine@cm-pombal.pt ou 236 210 542, ou no site do município, em www.cm-pombal.pt/bilheteira-online/.