HIC ET NUNC | A Escola da aldeia

0
85

Escolher a escola dos nossos filhos pode ser um privilégio para algumas famílias. Eu escolhi a escolinha da aldeia, em detrimento da escola citadina e urbana. Sendo uma escolha, é também um desafio, com vantagens e desvantagens. Urge avaliar as prioridades e as necessidades do momento. Curiosamente, encontram-se muitas famílias que o fizeram tal como eu e que insistem em testemunhar perante os aldeões o quanto pode ser rico viver e estudar numa escola da aldeia, nomeadamente para as crianças.
A escola do meio rural pode ser verdadeiramente luminosa, arejada nas vistas mas também agreste e rústica. E tudo isso a pode embelezar e engrandecer. Sobretudo porque por norma a escola não funciona como a maioria das escolas. Tem turmas mistas e o planeamento é exigente, tem espaços e divisões limitadas, mas tem vista que não tolda a imaginação nem a criatividade.
Estudos e estatísticas houvesse para comparar o sucesso escolar… Mas dizem que a melhor forma de avaliar uma escola é questionando os seus alunos. Se são felizes, então é porque é extraordinária.
A escola da minha aldeia ainda é do tempo do Plano dos Centenários, com a sua arquitetura típica, estilo “Português Suave”, incorporando caraterísticas da arquitetura tradicional adaptada às condições locais da época, segundo o número de alunos a receber e o clima da região.
A recente reorganização das escolas veio impor uma gestão diferente, concentrando alunos, massificando os espaços escolares. Sabe-se que as opiniões se dividem. Nas vantagens e desvantagens procura-se o equilíbrio.
Sem dúvida que edifícios novos deverão ter melhores condições, espaços adequados à prática desportiva, à leitura e apoios. Eu escolhi a escola diferente e diferenciadora, onde os níveis de ruído não se tornam ensurdecedores, onde não há corredores escuros que enclausuram nem janelas frágeis, o chão é de terra e os frutos brotam nas árvores. Uma escola onde todos se tratam pelo nome, num grau de proximidade e confiança únicos do meio rural, dotado de segurança e liberdade ímpares. Uma escola que envolve os pais, uma escola intimamente ligada à comunidade e com forte sentido de pertença.
Os pais podem usufruir do direito de escolher a escola dos seus filhos. Por privilégio, eu escolhi a dos meus…

Liliana Adelina Gonçalves da Silva
Membro da Assembleia de Freguesia de Vila Cã, pelo CDS-PP de Pombal