Filarmónica Pombalense premeia fotografias

0
1294

Hélia Moreira foi a vencedora do concurso de fotografia promovido pela Filarmónica Artística Pombalense (FAP), no âmbito das comemorações do seu 150º aniversário, recebendo um cheque de 200 euros.

Hélia Moreira foi a vencedora do concurso da Filarmónica Artística Pombalense

Os trabalhos apresentados a concurso foram apreciados e seleccionados por um júri constituído por Carla Longo (presidente da Filarmónica Artística Pombalense), Ana Gonçalves (vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Pombal), Jorge Figueiral (fotógrafo profissional), Jorge Ferreira (administrador do grupo Clube de Fotografia de Pombal) e Ana Formigo (representante do concurso FAP Foto’Arte”).
O segundo prémio (voucher da Worten) foi atribuído à fotografia apresentada por Marta Oliveira, enquanto o terceiro prémio (assinatura de uma revista da especialidade) foi atribuído ao trabalho de autoria de Joana Caçador. O júri decidiu, ainda, distinguir a fotografia de José Cruz com uma Menção Honrosa (workshop de fotografia Jorge Figueiral).
Os trabalhos vencedores estiveram patentes ao público no hall de entrada do Teatro-Cine de Pombal, onde decorreu, no passado dia 21 de Outubro, o concerto comemorativo de aniversário promovido pela FAP. A intenção da Filarmónica Pombalense é levar aquela exposição a outros espaços do concelho, por solicitação dos interessados.

 

 

Partilhar
Artigo anteriorBodo das Castanhas: tasquinhas, desporto e animação
Próximo artigoInsolvência da Empobor e Borvul afecta trabalhadores
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.