Delitos das pombalenses dos séculos XVII e XVIII dados a conhecer pela USP

0
819

“Mulheres a braços com a Justiça Eclesiástica. Pombal (séculos XVII e XVIII)” foi o tema escolhido para a última conferência levada a cabo pela Universidade Sénior de Pombal (USP) em parceria com a Escola Secundária de Pombal (ESP). O evento realizou-se no fim de tarde do dia 18 de Março, no auditório da ESP.

Ricardo Pessa foi o orador convidado para dar a conhecer a natureza dos comportamentos desviantes das mulheres, que viviam no concelho de Pombal, à data, bem como as sanções aplicadas a esses delitos. “Uma das nossas intenções é valorizar os distintos pombalenses, com estas acções”, declarou Sílvia Oliveira, coordenadora da USP.

Afinal esta foi apenas mais uma das actividades constantes no plano delineado para este ano lectivo. Já no 1º período foi levada a cabo uma palestra por Margarida Cardoso, cuja dissertação incidiu sobre Martel Patrício, personalidade que hoje dá nome a uma das ruas de Pombal. “Queremos sempre que o conhecimento chegue a todas as pessoas”, explicou a coordenadora da USP. “O objectivo passa por despertar o conhecimento acerca do que fazem as pessoas de Pombal e a maioria dos pombalenses desconhece”.

“Estamos a planear uma visita de estudo fora de Portugal bem como a festa de fim-de-ano”, desvendou Sílvia Oliveira acerca das actividades que a Universidade Sénior está a preparar para o 3º período. “Proporcionamos sempre uma saída no dia Nacional dos Museus”, contou. A instituição tem, neste momento, com 130 alunos, com idades compreendidas entre os 50 e os 83 anos.

“Está aberta a todas as pessoas com mais de 50 anos, independentemente das habilitações que tenham. A USP não exige grau nem confere grau”, mencionou a coordenadora. “Está aberta à participação de todos os que queiram evoluir e aprender sempre ao longo da vida”, disse. A inscrição na USP tem um custo de 60 euros/ano. Os alunos podem beneficiar de uma oferta formativa alargada que inclui um conjunto vasto de disciplinas, com matérias formais e actividades lúdicas. Funciona de segunda a sexta-feira, das 16h às 20h, na Escola Secundária de Pombal.

ANA ISABEL MENDES