Crianças de Guia iniciam ano lectivo em escola nova com “condições de excelência”

0
403

As 118 crianças que frequentam o pré-escolar e o 1.º ciclo do ensino básico na Guia vão iniciar o novo ano lectivo no novo Centro Escolar de Guia, que tem “condições de excelência”.

A inauguração deste equipamento marca a conclusão da reorganização da rede escolar na área de abrangência do Agrupamento de Escolas de Guia. A renovação do parque escolar no concelho de Pombal também está quase terminada.
“A edificação e apetrechamento deste estabelecimento constitui uma ampliação da oferta educativa da região em termos de espaço e qualidade de resposta”, afirmou o director do Agrupamento de Escolas, António Pires.
O docente destacou a “localização privilegiada, a arquitectura funcional, o conforto e o design original” da nova escola que, no seu entender, pelo facto de estar contíguo à Escola C+S, “irá permitir a todos um maior usufruto de todas as valências e uma articulação entre os vários tipos de ensino, com benefício para os vários ciclos de escolaridade”.
Também o presidente da União de Freguesias de Guia, Ilha e Mata Mourisca, Gonçalo Ramos, mostrou a sua satisfação por ver concluída “uma obra reclamada há vários mandatos” e que surge “no seguimento do crescimento da nossa freguesia”.
“Esta obra espelha de forma clara a proatividade que o município tem procurado ter na resposta às diversas necessidades do território”, afirmou o vice-presidente da Câmara Municipal, Pedro Murtinho, sublinhando que a autarquia “está a concluir a sua rede de centros escolares, prevista na carta educativa”, sem depender de fundos comunitários, assumindo integralmente os custos através do orçamento municipal.
O novo Centro Escolar de Guia, que representou um investimento municipal de quase dois milhões de euros, vai acolher 30 crianças do pré-escolar e 88 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Edificado em terrenos confinantes com a Escola Básica e Secundária de Guia (sede do Agrupamento de Escolas), junto à EN109, o novo Centro Escolar dispõe de quatro salas de ensino básico e duas salas destinadas ao pré-escolar, assim como outros espaços como salas de actividades, biblioteca/ informática, refeitório, gabinetes para professores e educadores, gabinete de atendimento, recreios, zonas de jogos e campo polidesportivo.

Autarquia vai requalificar três escolas na cidade

Com as escolas do pré-escolar e primeiro ciclo praticamente todas renovadas, a Câmara Municipal prepara-se para requalificar as escolas Gualdim Pais e Marquês de Pombal, ambas na cidade de Pombal. No que toca ao 1.º ciclo falta apenas intervencionar a Escola Conde Castelo Melhor, cujo projecto está a ser elaborado.
“Estamos também a elaborar o projecto para requalificar a Escola Gualdim Pais, assim como a Escola Marquês de Pombal, que fazem parte do pacote de escolas da responsabilidade do Estado”, anunciou o vice-presidente da Câmara Municipal. A intervenção nestas escolas visa “preparar as competências que inevitavelmente vamos ter de assumir a partir de Janeiro”, sublinhou Pedro Murtinho, salientando que, “para nós, não foi precisa qualquer transferência de competências para que assumíssemos a educação como prioridade da política municipal”.
“Estamos prontos para receber a transferência de competências do Estado Central”, assegurou o autarca, evidenciando que “é importante que o Estado nos faça chegar a disponibilidade financeira para realizar as obras e dotar as escolas de recursos humanos, mais concretamente de assistentes operacionais”, com vista a “permitir prestar um ensino de qualidade”.
Antes, o representante da Delegada Regional de Educação do Centro, Rigoberto Correia, sublinhou “o trabalho excelente” que a Câmara Municipal “tem vindo a desenvolver por todo o concelho na área da Educação”, frisando que “Pombal tem o condão de ter escolas todas diferentes, mas todas com excelentes condições”.

Carina Gonçalves | Jornalista

*Notícia publicada na edição impressa de 02 de Setembro